Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
MS

Ministério da Saúde confirma caso de microcefalia em recém-nascido de MS

12 fevereiro 2016 - 22h55Por Fonte: correiodoestado
Mato Grosso do Sul tem um caso confirmado de microcefalia, de acordo com boletim divulgado nesta sexta-feira (12) pelo Ministério da Saúde. Conforme o levantamento, além do caso confirmado, outros cinco estão em investigação. Não foi informada qual a cidade onde houve a confirmação do caso.

De janeiro até hoje, foram notificados 11 casos suspeitos de microcefalia no estado, sendo cinco já descartados. Na região Centro-Oeste, Mato Grosso do Sul é o estado com o menor número de notificações, porém, fica em primeiro, junto com Goiás, em relação aos casos confirmados.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil foram confirmados 462 casos de microcefalia, sendo 41 com relação a Zika Vírus. Outros 3.852 casos suspeitos estão sendo investigados.
Desde o início do ano, foram notificados 91 mortes de bebês por microcefalia após o parto (natimorto) ou durante a gestação (aborto espontâneo). Deste total, 24 foram confirmados para microcefalia ou alteração do sistema nervoso central, oito foram descartados e 59 continuam em investigação.

Segundo o Ministério da Saúde, além de investigar se os casos notificados se tratam de microcefalia, também são investigados a possível relação com o Zika Vírus e outras infecções congênitas.
A microcefalia também pode ser causada por sífilis, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, herpes viral e outros agentes infecciosos.

O órgão orienta as gestantes para que tomem precauções para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, com eliminação de criadouros, e protejam-se da exposição ao mosquitos, mantendo portas e janelas fechadas ou com telas, usem calças e camisa de manga comprida e utilizem repelentes permitidos para gestantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada
AQUIDAUANA
Polícia Militar Ambiental autua infrator em R$ 2,3 mil por incêndio em leiras de vegetação proveniente de limpeza
ECONOMIA
Decisão do STF evita perda na arrecadação de R$ 1,2 bilhão, diz Reinaldo Azambuja
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares