Menu
Busca quinta, 23 de janeiro de 2020
NAVIRAÍ

Mulheres recebem treinamento para se defenderem de agressores

21 agosto 2019 - 16h30Por Da Redação

Mulheres de Naviraí estão aprendendo técnicas de defesa pessoal para se proteger de situações de agressão. O curso “Mulheres que Lutam” é promovido pela Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Naviraí e integra a programação da campanha “Agosto Lilás”.

Ministrado pelo professor Tales Rottini, faixa preta em Jiu Jitsu, o curso tem por objetivo ensinar técnicas de defesa pessoal para mulheres. Durante a formação que teve início nesta terça-feira (20) e segue até o próximo dia 12 de setembro, haverá simulações de situações de agressão, para que as mulheres aprendam a aplicar movimentos de defesa e contragolpes, que impeçam que sejam agredidas.

No curso serão ensinadas ainda condutas preventivas para segurança pessoal durante atividades cotidianas e laborais, habilidades motoras para defesa e sobrevivência em situações de agressão, bem como estratégias para fuga de agressores.

Durante a abertura do curso ocorrida ontem, a delegada Sayara Quinteiro Martins Baetz, titular da DAM falou sobre os avanços da Lei Maria da Penha, que no dia 07 de agosto completou 13 anos, e sobre as formas utilizadas pela Polícia Civil para ajudar mulheres que vivem relacionamentos abusivos, mostrando maneiras de reconhecerem essa situação e saírem do ciclo de violência.

O curso é gratuito e conta com a participação de mais de 70 mulheres. As aulas acontecem todas as terças-feiras e quintas-feiras, às 10h, 15h e 19h30, na Academia Alliance, na Rua Yokohama, n.º 370, no Centro de Naviraí. As interessadas podem se inscrever através do telefone (67) 3461-5182.

Agosto Lilás

Realizada desde 2016 em comemoração ao aniversário da Lei Maria da Penha, a campanha “Agosto Lilás” entrou no calendário de eventos de Mato Grosso do Sul como a maior campanha de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher e atualmente são muitas as ações de mobilização executadas em vários municípios do interior do Estado.

Nesse ano de 2019, a pauta são os 13 anos da Lei Maria da Penha, os avanços e conquistas na defesa e proteção das mulheres.

O objetivo é sensibilizar a sociedade sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher e divulgar a Lei Maria da Penha (Lei federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006), por meio de palestras, debates, encontros, panfletagens, eventos e seminários abordando os tipos de violência especificados na lei e como promover o enfrentamento à violência contra a mulher.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação federal com impostos chega a R$ 1,537 trilhões em 2019
EDUCAÇÃO
UEMS anuncia oferta de 2,1 mil vagas no Sisu 2020
POLÍCIA
Viciados levam polícia até boca de fumo repleta de objetos roubados
EVENTO
Turismo do MS é apresentado ao mercado norte-americano