Menu
Busca quinta, 25 de abril de 2019
(67) 9.9973-5413
GERAL

No lançamento da SBPC, gerente de educação da Fiems reforça importância da pesquisa científica

13 fevereiro 2019 - 19h30Por Da Redação

Ao participar nesta quarta-feira (13/2), do lançamento da 71ª reunião anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), que será realizada de 21 a 27 de julho na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), a gerente de educação do Sistema Fiems, Simone Figueiredo, reforçou a importância da pesquisa científica para o desenvolvimento da indústria.

“Esse evento congrega todo o processo de iniciação de inovação, tecnologia, pesquisa e extensão para além do mundo acadêmico porque hoje nós temos grande necessidade de atualização de todo o setor econômico. No caso do setor industrial, tendo em vista todo uma modelagem para a Indústria 4.0 e para um Mundo 4.0, a pesquisa incide decisivamente neste segmento”, avaliou Simone Figueiredo.

Ela destacou que o Sistema Fiems conta com institutos para soluções para a indústria não só do Estado, como de todo o País. “Temos o ISI Biomassa (Instituto Senai de Inovação em Biomassa), IST Alimentos e Bebidas (Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos e Bebidas) e o Centro de Inovação do Sesi em Saúde e Segurança do Trabalho. Então são frentes de trabalho que dão suporte para as inovações e resolução de problemas da indústria no que tange biodiversidade, ciência, tecnologia e inovação”, pontuou.

Além disso, Simone Figueiredo reforçou que os alunos da educação básica, educação profissional e ensino superior são estimulados à pesquisa e à inovação. “Acredito que o maior diferencial é a pesquisa dentro da educação básica, porque fazer pesquisa na faculdade faz parte do processo, mas trazer a pesquisa científica com a garotada é despertar novos acadêmicos”, completou.

Na avaliação do reitor da UFMS, Marcelo Turine, ter a presença do setor produtivo no evento é uma oportunidade de apresentar o potencial de Mato Grosso do Sul para todo o País. “Depois de 70 anos é a primeira vez que temos esse evento no Estado, que é a festa da ciência brasileira e uma grande exposição de inovação. Ter a parceria da indústria é fundamental para mostrar para trazer mais inovação e formar talentos. O grande foco da reunião é promover debates e discussões para a gente poder ter uma competitividade maior em Mato Grosso do Sul”, considerou.

Já o presidente da SBPC, Ildeu de Castro Moreira, o evento busca valorizar a ciência para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. “É muito importante esse evento em Mato Grosso do Sul depois de 70 edições. Nosso objetivo é envolver todos os setores, como academia, escolas, empresários, indústria, agronegócio, porque a ciência permeia o dia a dia de todos nós”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Produtos do Paraguai com destino ao Paraná são apreendidos em MS
EDUCAÇÃO
Lei insere esporte amador e música clássica no calendário de eventos de MS
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Cinco projetos deverão ser votados nesta quinta-feira na ALMS
GERAL
INSS terá que regularizar perícia médica em dois municípios de MS