Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
Ponta Porã

Obra de acesso a rua Antônio João está em ritmo acelerado

19 abril 2016 - 11h57Por Assessoria
Aproveitando o período de estiagem, a Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo, está tocando em ritmo acelerado a obra de construção de um acesso da avenida Brasil a rua Antônio João, região central da cidade. O projeto diminuir o tráfego de veículos pela avenida Brasil a partir da rua Duque de Caxias.

A obra já poderia estar pronta, mas em virtude do longo período de chuvas acabou atrasando o andamento. A Secretaria Municipal de Obras da Prefeitura de Ponta Porã, informou que tão logo cessaram as chuvas, os trabalhos foram reiniciados e devem estar concluídos nos próximos dias.

Ao falar sobre o projeto, o prefeito Ludimar Novais (PDT), ressaltou a importância da abertura do acesso interligando via pavimentação asfáltica a avenida Brasil a rua Antônio João.

"Para o trânsito fluir melhor no centro da cidade estamos duplicando a rua Duque de Caxias, criando um novo acesso a rua Antônio João e desafogando o trânsito na intersecção das avenidas Brasil e rua Guia Lopes, sem prejuízo do acesso direto das pessoas que trafegam na avenida Brasil que continuarão com semáforo livre à direita para acessar a rua Antônio João. Já fizemos a preparação da área para colocação da pavimentação asfáltica. Essa obra, além de agilizar o trânsito, também vai retirar o tráfego de veículos e caminhões do calçamento do 11º RMEC", ressalta o prefeito.

A construção do novo acesso faz parte de um grande projeto de reurbanização que vem sendo desenvolvido pelo prefeito Ludimar Novais. Além dele, também está em construção acesso a rua Paraguai através da Praça Lício Borralho. O local já recebeu a pavimentação asfáltica, sendo que a praça estanha ganhando novo calçamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 32 milhões nesta quinta-feira
TEMPO
Quinta-feira de céu nublado e máxima de 37°C para o Estado
JARDIM
Polícia Militar Ambiental de Jardim fiscaliza o rio da Prata e Formoso onde a pesca é proibida e apreende petrechos ilegais
SAÚDE
ANS: 59% das queixas sobre covid-19 são para exames e tratamentos