Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
Pornografia infantil

Polícia de MS investiga se suspeito de pornografia abusou de sobrinha

22 julho 2016 - 10h00Por G1
A Polícia Civil vai investigar se o suspeito de pornografia infantil preso nesta quinta-feira (21) em Campo Grande abusou sexualmente da sobrinha há dois anos e, se continuaria até hoje. A menina mora com a mãe e tinha 5 anos quando tudo teria acontecido.

O homem de 31 anos está preso na Superintendência da Polícia Federal. A investigação começou há um mês depois de uma pista da Polícia Federal de Santa Catarina. Na casa do suspeito, foram apreendidos notebook e pen drives com fotos e vídeos de sexo com crianças e adolescentes.

Além de manter o material pornográfico infantil, o suspeito também distribuía as imagens. Os investigadores vão analisar todo o material apreendido. "Divulgava essas imagens por meio de um programa específico", disse o delegado da PF Cleo Mazzotti.

A pessoa que mantém em seu poder foto ou vídeo que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente pode ser condenada a até quatro de prisão. Se publicar ou distribuir o material, a pena aumenta para até seis anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Costa Rica autua em R$ 10 mil e interdita lava jato e borracharia por poluição ambiental
JUSTIÇA
Universidade que descumpriu parcelamento privado deve indenizar estudante
ECONOMIA
Tesouro descarta preocupação com encurtamento da dívida pública
REGIÃO
Pescador profissional e autônomo são autuados em R$ 10 mil por abater dourado e pescar com redes e tarrafa e apreende 50 kg de pescado e petrechos ilegais