Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Polícia prende membros do PCC que mataram no “Tribunal do Crime”

16 dezembro 2015 - 12h21Por Fonte: reporterms
Grupo de integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) foi preso em operação policial deflagrada na manhã desta quarta-feira (16), nas cidades de Campo Grande, Três Lagoas e Junqueirópolis (SP).
A ação leva o nome de “ Flegetonte” – que na mitologia grega significa o rio de fogo, e tinha como objetivo cumprir nove mandados de prisão de pessoas envolvidas no assassinato de José Leandro Carvalho de Jesus, 18 anos, dentro do presídio de Três Lagoas, em condenação feita pelo “Tribunal do Crime”.

A operação foi coordenada pelo Setor de Investigações Gerais (Sig) e Polícia Civil de Três Lagoas, com apoio do Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros (Garras) e Polícia Civil de São Paulo.
De acordo com o delegado Thiago Passos, do Sig de Três Lagoas, o envolvimento dos integrantes do PCC na morte de José Leandro foi comprovada com auxílio de apuração feita pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Mato Grosso do Sul.

Ainda segundo ele, os mandados foram cumpridos fora e dentro de estabelecimentos prisionais. Coletiva de imprensa está marcada para acontecer em Três Lagoas, às 14h, para apresentação completa do caso.

MORTE

José Leandro foi assassinado no dia 30 de abril deste ano, na penitenciária de Três Lagoas. O crime ocorreu durante banho de sol. Ele havia sido preso por ter assassinado uma adolescente, de 13 anos, durante tentativa de assalto, ocorrida em dezembro do ano passado.

FLEGETONTE

Conforme o delegado Thiago, o nome da operação está relacionado ao rio Flegetonte, um dos rios do Hades, que na obra Divina Comédia, de Dante Aliguiere, é citado na descrição do 7º círculo do Inferno, onde estão as almas dos mais violentos, aqueles que praticaram violência contra seus semelhantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Polícia Federal prende prefeitos de Rondônia por suspeita de corrupção
CRISE AMBIENTAL
Papa cita na ONU 'perigosa situação da Amazônia e dos indígenas'
INFORME PUBLICITÁRIO
Universidad Columbia del Paraguay, filial de Pedro Juan, abre matrículas para Medicina
TAQUARUSSU
Ambiental autua quatro em R$ 8,4 mil e apreende 139 quilos de pescado