Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
MS

Ponte da MS-156 levada pela correnteza deve custar mais de R$ 2 milhões

04 março 2016 - 22h46Por Fonte: correiodoestado
Inaugurada há mais de 20 anos, a ponte que liga Rio Brilhante a Itaporã, na MS-156, foi levada pela água na tarde desta quinta-feira (03) e, no lugar, deve ser reconstruída uma de concreto que deve custar em torno de R$ 2,2 milhões. Ainda sem previsão de ser reconstruída, a ponte foi levada pela correnteza do rio, após ter sido atingida por uma barcaça, há 10 dias.

A informação foi repassada pelo diretor de manutenção das rodovias estaduais, Edivaldo Merisio. “O problema teve início há 10 dias, quando uma barcaça, carregada ou vazia, que inclusive deve estar afundada no local, bateu no jogo de esteio da ponte e a desestabilizou”, contou o engenheiro.

Após o episódio, a ponte começou a ser monitorada diariamente. “Fomos lá conferir de perto e ainda não apresentava perigo. Mas a água começou a subir nesta quinta-feira e acabou levando a ponte”, detalhou Edivaldo. Ainda segundo o responsável pela pasta, a última reforma que a ponte recebeu foi no ano passado. “Constantemente ela vai sendo reformada. A madeira vai apodrecendo e a viga vai quebrando”.

A ponte está localizada na divisa de Itaporã e Rio Brilhante, próxima ao distrito de Piraporã. Segundo Edivaldo, desde que foi inaugurada, a água do rio nunca havia ultrapassado o nível da ponte. Próximo passo é a realização de perícia no local para avaliar os prejuízos.

De terça pra quarta-feira, a ponte da MS-470, que liga Rio Brilhante à Itaporã e Maracaju, também foi levada pela correnteza. Reformada há dois anos, o alto volume de chuva que atingiu a região no último domingo (28) levou a ponte de madeira.

Conforme o secretário de obras de Rio Brilhante, Armando, de domingo à terça choveu 150 mm. “Às 22 horas de terça-feira caiu uma forte pancada de chuva, que levou a ponte. Parece que passou um tsunami”, comparou Armando.

Segundo ele, uma nova ponte de madeira deve demorar de 45 a 60 dias para ser refeita e deve custar em torno de R$ 60 mil. Já uma de concreto deve custar R$ 600 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada
AQUIDAUANA
Polícia Militar Ambiental autua infrator em R$ 2,3 mil por incêndio em leiras de vegetação proveniente de limpeza
ECONOMIA
Decisão do STF evita perda na arrecadação de R$ 1,2 bilhão, diz Reinaldo Azambuja
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares