Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021

Universitários da fronteira do MS com Paraguai recebem capacitação para empreender

18 maio 2012 - 08h54Por Sebrae
Com a proposta de fomentar o desenvolvimento das micro e pequenas empresas da faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, o Sebrae juntamente com o CIRD – Centro de Informações e Recursos para o Desenvolvimento realizam na cidade de Pedro Juan Caballero (PY) o ciclo de palestras “Aprender para Crescer”, direcionado a jovens universitários da região. O evento acontece no dia 19 de maio, das 8h às 18h, na Universidade de Columbia.

As capacitações, apresentadas em português e espanhol, abordarão temas específicos para quem está iniciando os primeiros passos no meio empresarial, com informações sobre empreendedorismo, criatividade, geração de ideias e oportunidades de negócios na fronteira, entre outros.

O evento permite ao participante entender quais atitudes deve tomar antes da abertura de seu empreendimento, com palestras como: Quero ser empresário, estou pronto? e Quero abrir uma empresa, mas qual? São alguns dos questionamentos que o evento pretende abordar.

O Aprender para Crescer é direcionado à preparação empresarial de jovens universitários interessados em abrir o seu próprio negócio. O evento integra o projeto MS Sem Fronteiras, do Sebrae, que visa promover o desenvolvimento econômico, sustentável e integrado dos territórios, aproveitando o ambiente de fronteira como oportunidade de expansão produtiva.

Este projeto é executado com recursos próprios do Sebrae/MS nas atividades realizadas em território nacional e do BID/Fomin nas ações internacionais.

Serviço

No Brasil, as inscrições devem ser feitas na sede do Sebrae em Ponta Porã, localizada à Rua Marechal Floriano, 1.559, Centro. E no Paraguai, pode ser feita na Unidade Executora Local - Paraguai (Prédio da Câmara de Comercio de Pedro Juan Caballero), que fica na Rua República de Cuba, esq. com a Mariscal López, em Pedro Juan Caballero.

A entrada é um quilo de alimento não perecível, exceto sal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Brasil tem quase 30 mil novos casos de hanseníase por ano
CONTRABANDO E CRIME AMBIENTAL
Goiano é autuado pela PMA e preso por Policiais Militares com agrotóxicos do Paraguai
JUSTIÇA
Estudante que ficou três anos sem diploma será indenizada
CASSILÂNDIA
Polícia Militar prende mulher por agredir marido