Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 9.9973-5413
INSTITUCIONAL TOPO
CULTURA

Com recursos do FIC começa nesta terça-feira o II Festival de Rua do Toro Candil, em Porto Murtinho

04 dezembro 2018 - 16h15Por Da redação

Começa nesta terça-feira (4/12), no município de Porto Murtinho, o II Festival de Rua do Toro Candil. Realizado com recursos do Fundo de Investimentos Culturais (FIC), da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) – o valor investido é de R$ 126.360,00, os festejos incluem palestras, mesas redondas, oficinas culturais, shows e concurso culinário, que continuam até sábado (8/12).

O duelo do Touro Candil é uma adaptação do folclore paraguaio, representando traços indígenas e também religiosos do país vizinho. A encenação inspirada na antiga lenda espanhola mistura teatro e dança. No espetáculo também é feita uma homenagem a Nossa Senhora de Caacupé, padroeira do Paraguai e patrona de Porto Murtinho. No enredo também existe espaço para citação do Negro e do Barão da Fazenda, além do mito do encantamento que deu origem ao folclore do Candil.

A encenação é carregada de simbolismo quanto à relação entre os povos da zona de fronteira (Brasil e Paraguai). O tom verde do Touro Bandido e o amarelo do Encantado lembram a cor da bandeira do Brasil.

A manifestação que surgiu no ano de 2005 como uma ferramenta de resgate da cultura murtinhense é já é conhecida nacionalmente. Hoje a estimativa é de que o projeto sociocultural reúna cerca de 90 adolescentes, de 12 a 18 anos, para retratar na dança e encenação, traços da cultura local. Os adolescentes participam de todas as etapas de produção do espetáculo, inclusive do figurino.

Durante a preparação para o Festival foram realizadas oficinas nos dias 13 e 14 de novembro de 2018, no Polo de Formação Acadêmica de Porto Murtinho, para os adolescentes integrantes do projeto: de Ambientação, com Cello Lima; de Máscaras Artísticas, com Fábio Germano; de Acordeon e Viola, com Vilella e Osmar Medina.

O III Festival de Rua do Toro Candil será aberto, às 19h, no Teatro de Arena (Orla do rio Paraguai) com shows e concurso culinário. Nesta quarta-feira (5/12), serão realizadas as palestras “Políticas Públicas de Intercâmbios Culturais Binacionais, com Mirna Orrego (intendente Carmelo Peralta, no Alto Paraguai) e “El Toro Candil, um Fuego que no Cesa”, com o poeta Mário Rubén Avarez, membro da Academia de la Lengua Guarani – Paraguai.

No dia 6 de dezembro o doutor em humanidades da Universidade Autônoma de Barcelona, Ricardo Pieretti Câmara, fará palestra sobre “Aspectos Orais da Cultura Fronteiriça do Chaco Pantaneiro e Paraguaio”, na Câmara Municipal de Porto Murtinho. Nos dias 7 e 8, às 19h, haverá o Grande Festejo do Toro Candi – Pelotatatá – Promesseiras, além de show musical.

A participação nos eventos do Festival é gratuita. Para mais informações sobre os festejos, acesse o facebook da Secretaria de Turismo (Sectur) de Porto Murtinho (Sectur PM).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BIG BROTHER BRASIL
BBB19 começa hoje: teóricos analisam perfil 'polarizado' de candidatos
ECONOMIA
Dólar tem leve alta e fecha terça-feira cotado a R$ 3,72
GERAL
Justiça de Portugal arquiva extradição de investigado na Lava Jato
HOMICÍDIO
Homem é executado a tiros na fronteira