Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Maria Cecília e Rodolfo gravam DVD em Campo Grande e reúnem 100 mil pessoas

17 setembro 2012 - 00h00Por Fonte: Midiamax
A inacreditável marca de 100 mil pessoas, sonho que todo artista tem de reunir no Parque das Nações Indígenas em Campo Grande, aconteceu no início da noite deste domingo (16), quando Maria Cecília e Rodolfo se reuniram com amigos para gravar o terceiro DVD da história da dupla que nasceu em Mato Grosso do Sul. A contagem foi feita pela Polícia Militar, que calculou o número incluindo as pessoas que estavam no entorno do Parque, tentando entrar para acompanhar a gravação.

Com mais de três horas de atraso e um helicóptero de suporte para fazer imagens aéreas, a capital do Estado não tinha visto ainda um show com esta estrutura. “Sempre venho aos shows, ainda mais gravação de DVD das duplas sertanejas que sou fã e nunca vi nada parecido. Nem parece Campo Grande, acho que estão todos aqui”, disse Milena Rodrigues, fã da dupla.

Como são de casa, o burburinho nos bastidores era sempre o mesmo. “Ela estudou comigo”, “ele foi meu vizinho”. É a isso que a dupla credita ter vindo à Campo Grande meses antes de se casar. “A gente precisava, devia um DVD para a nossa cidade”.

Munhoz e Mariano, também da capital, foram os primeiros a chegar e pediram desculpas por não poderem atender aos fãs nesta tarde. “Nossa participação é a primeira, temos que voar para um show e amanhã cedo continuar com as finalizações do DVD que deve ser lançado no início de outubro”, disse Mariano.

Munhoz preferiu não adiantar qual será o novo hit da dupla. “Estamos colocando umas músicas no nosso site, vendo quais são as preferidas do pessoal ainda”.

Ao casal, só elogios. “Eles são nossos irmãozinhos de terra, nossos parceiros de música. É um prazer fazer parte desta gravação que com certeza fará muito sucesso”, disse Mariano.

Zezé di Camargo e Luciano

A dupla de maior sucesso do sertanejo de todos os tempos, Zezé di Camargo e Luciano chegou por volta das 18h no Parque das Nações Indígenas, cada um em um carro diferente.

Zezé, o primeiro a chegar, foi paciente com as fãs que estavam do lado de fora do camarim e conversou mesmo pela grade com elas. Tranquilo, ele falou inclusive de temas polêmicos como a separação da mãe de seus filhos, Zilu.

“Quando as pessoas se amam e se respeitam, mas não querem perder a sua individualidade, não há como continuar. Nosso carinho fez com que tudo fosse conduzido da melhor maneira possível”.

Quanto aos boatos de que teria chegado acompanhando à Campo Grande, ele desconversou. “Com tanta mulher bonita aqui, vocês acham que eu viria acompanhado?”, disse Zezé.

Ele felicitou o casal Maria Cecília e Rodolfo e desejou-lhes sorte na carreira, principalmente para que a música deles não seja esquecida.

“Credito o meu sucesso à persistência da dupla nesses anos todos, nosso conselho é para que nunca desistam dos seus sonhos. Quanto aos dois, desejo felicidades e que mantenham a qualidade das músicas para que não sejam um sucesso de verão e permaneçam como a gente. Quando há qualidade, a música deixa de ser chiclete e fica mesmo na cabeça das pessoas”, respondeu.

Luciano chegou em seguida acompanhado da esposa e disse como conheceu a dupla. “Eu já tinha ouvido os dois, mas os conhecemos em um show em Belo Horizonte. São encantadores e um casal apaixonado assim só pode fazer muito sucesso. Vieram nos fazer o convite para participação no DVD pessoalmente, são carinhosos e os fãs vêem isso”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
SAÚDE
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países
POLÍTICA
Governo federal diz que não se envolve em compras privadas de vacina
ECONOMIA
Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve