Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
Covid fase III
MS

Cinquenta funcionários de frigorífico de cidade com maior incidência de covid testam positivo: 'Sem sintomas'

22 maio 2020 - 10h30Por G1MS

Cinquenta funcionários do frigorífico de Guia Lopes da Laguna, município com maior incidência de covid-19 em Mato Grosso do Sul, testaram positivo para a doença. "Eles não apresentavam nenhum sintoma", disse o secretário de Saúde da cidade, Marcelo Gonçalves, em entrevista ao Bom Dia MS nesta sexta-feira (22).

A testagem de 145 funcionários, segundo o secretário, foi feita quinta-feira (21), como processo para retomada dos serviços da empresa, que estão suspensos desde que os primeiros casos foram confirmados. O local é apontado como epicentro da doença no município.

De acordo com Marcelo Gonçalves, todos os trabalhadores que apresentaram resultado positivo para a infecção pelo novo coronavírus estavam assintomáticos, foram colocados em isolamento e estão sendo monitorados. "Não tinham nenhuma dor de cabeça". Os familiares deles também serão testados.

Ministério Público do Trabalho investiga controle da Covid-19 entre funcionários de 61 frigoríficos em 11 estados

Ainda conforme o secretário, a quantidade de funcionários positivos já era a esperada pela secretaria. Alguns deles já tinham sido testados no início da pandemia na cidade e tiveram o mesmo resultado nesta segunda testagem.

Até a manhã de quinta-feira (21), quando foi divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde o último boletim epidemiológico, Guia Lopes da Laguna havia registrado 119 casos de coronavírus, a segunda cidade com mais casos no estado, apenas atrás da capital, Campo Grande, com 222.

Covid-19 no frigorífico

Fechado desde o último dia 8, após cinco funcionários testarem positivo para covid-19, a empresa pretende voltar aos trabalhos, com restrições, a partir desta sexta-feira (22), e por isso fez a testagem dos trabalhadores.

O frigorífico também realizou uma descontaminação do local nas partes interna e externa. No retorno, a empresa prevê a diminuição de abates por dia e, consequentemente, do número de funcionários, que deverão trabalhar com espaçamento de pelo menos 2 metros.

Situação preocupante

Outros dois frigoríficos de Mato Grosso do Sul registraram casos de coronavírus: um em Bonito, onde três funcionárias testaram positivo para a doença, e outro em Dourados, onde uma indígena que trabalha no local foi infectada por covid-19.

Deixe seu Comentário

Leia Também

105 MESES
Governo amplia prazo de renegociação de empréstimos consignados
TEMPO
Inmet prevê tempo claro em todas as áreas do Estado
POLÍCIA
Serial Killer que confessou ter matado 7 em MS é transferido após defesa alegar agressões psicológicas
ECONOMIA
Dólar tem forte queda e fecha a R$ 5,34