Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020

Costureira de 72 anos disse que cliente deixou bolsa na casa dela.

Polícia diz que mulher consta como testemunha, mas será investigada.

26 janeiro 2012 - 10h34
G1 MS

A Polícia Militar em Campo Grande encontrou 20 quilos de maconha na casa de uma mulher de 72 anos, em flagrante ocorrido na noite de quarta-feira (25). Segundo a PM, uma denúncia anônima indicava que a droga estaria em uma casa no bairro Jockey Club.

No endereço indicado, a polícia encontrou a idosa, que mora sozinha e trabalha como costureira.Ela disse aos policiais que um cliente pediu para deixar a bolsa na casa dela disse que pegaria depois de quatro dias. De acordo com a PM, a idosa teria dito que não viu e não sabia o que tinha dentro da bolsa, onde foram encontrados 22 tabletes de maconha.

A mulher foi encaminhada para a delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga para prestar esclarecimento. De acordo com a Polícia Civil, a idosa relatou em depoimento que ela deixou a bolsa embaixo da cama de um dos quartos. Depois de ser ouvida, foi liberada.

No registro da ocorrência, ela foi relacionada como testemunha e não como autora de tráfico de drogas. De acordo com a polícia, a idosa ainda poderá ser investigada para que se verifique se tem alguma relação direta com o tráfico de drogas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID
Relator no STF conclui voto a favor de que governo apresente em 30 dias plano de vacinação
LUTO NA TV
Morre aos 69 anos o jornalista Fernando Vanucci
JUSTIÇA
Concessionária de rodovia tem direito a ser ressarcida de estragos causados por motorista
ECONOMIA
Especialistas alertam sobre saques em cartões de crédito consignados