Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020

'Berçário' mais antigo de dinossauros é achado na África do Sul

24 janeiro 2012 - 10h50Por G1
Uma escavação na África do Sul revelou o "berçário" de dinossauros mais antigo já descoberto, com 190 milhões de anos de idade. O recorde anterior para sítios paleontológicos com ninhos dos gigantes pré-históricos era de 100 milhões de anos. A descoberta foi descrita na revista da Academia Americana de Ciências.

Os paleontólogos, coordenados pelo cientista Robert Reisz, afirmam que o local possui pelo menos 10 ninhos em diferentes níveis, cada um deles com até 34 ovos. Também foram achados no local pegadas de dinossauros bebê e até embriões dentro dos ovos. As marcas nas rochas sedimentares sugerem que os animais recém-nascidos ainda viveram no lugar até pelo menos dobrarem de tamanho.

A distribuição dos ninhos entre as camadas de sedimento mostram que os dinossauros mais antigos retornavam ao local repetidas vezes para colocar os ovos. Os animais pré-históricos também depositavam os ovos em grupo, criando "colônias de ovos" nos ninhos.

O estudo feito na África do Sul mostra que uma fêmea de dinossauro de seis metros colocou pequenos ovos ali, com no máximo sete centímetros de diâmetro. A equipe de pesquisadores afirma que a organização dos ninhos sugere que a mãe tenha arrumado os ovos para garantir proteção.

O mesmo sítio paleontológico já havia revelado o embrião mais antigo do gênero Massospondylus, um grupo de animais que eram ancestrais dos saurópodes gigantes e de pescoço longo que habitavam a Terra nos períodos Jurássico e Cretáceo - entre 200 milhões a 65,5 milhões de anos atrás.

Para a equipe responsável pela descoberta, devem haver mais ninhos na área, já que os 10 relatados até agora foram achados em uma faixa com apenas 25 metros de extensão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARAL MOREIRA
Homem é encontrado carbonizado e com marcas de tiros no corpo
Motocicleta com placas do Paraguai também foi queimada
IGUATEMI
Homem morre vítima de tiro acidental na cabeça durante pescaria
Jair Ruzzene, de 56 anos, se apoiou em cano de espingarda quando arma disparou e o atingiu
MARACAJU
Veículo com quase meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF
ECONOMIA
Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial do FGTS