Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
CELULARES

Bloqueio de 4,9 mil celulares “piratas” começa neste sábado em MS

08 dezembro 2018 - 09h00Por Da Redação

Começa neste sábado (08/12) o bloqueio de celulares “piratas” em Mato Grosso do Sul. A medida da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é para inibir a comercialização de aparelhos não homologados. Ao todo, serão bloqueados 4.970 dos 3,1 milhões de aparelhos do Estado.

São considerados piratas os celulares que sejam falsificados, clonados, adulterados e roubados. Conforme a Agência, desde 23 de setembro, quem ativa um celular irregular nas redes das prestadoras móveis recebe em até 24 horas um alerta.

A mensagem tem o seguinte conteúdo: “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”. Alerta similar é encaminhada 50 dias e 25 dias antes do bloqueio. E, na véspera do bloqueio, o celular recebe a mensagem: “Operadora avisa: Este celular IMEI XXXXXXXXXXXXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares”.

O IMEI é um código composto por 15 números utilizado internacionalmente que permite identificar a marca e modelo do aparelho. Todas as mensagens são enviadas pelo número 2828. Ciente da irregularidade do celular, o usuário do serviço móvel deve procurar a empresa ou pessoa que vendeu o aparelho e buscar seus direitos como consumidor.

Quem deseja consultar se o aparelho que usa é regular, pode acessar o portal da Anatel, na internet (http://www.anatel.gov.br/celularlegal/consulte-sua-situacao).

O bloqueio dos celulares a partir de hoje também acontece no Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins. 

A Agência Nacional de Telecomunicações combate o uso de celulares falsificados ou com IMEI adulterado e inibe a comercialização de aparelhos não homologados no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RECURSOS
MS poderá usar até R$ 500 milhões para obras de infraestrutura
ÍNDICE
Confiança da indústria cai 1,6 ponto na prévia de maio
MEIO AMBIENTE
Subida do nível do mar preocupa cientistas
INTERNACIONAL
Trump diz que Irã receberá reação de grande força se atentar contra os EUA