Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020

Brasileiro é morto com 40 golpes de faca e tem corpo carbonizado na fronteira

16 agosto 2011 - 09h54Por CG News
O traficante brasileiro Carlos Plínio Moreira Godoy foi morto a facadas e teve seu corpo carbonizado no último domingo, no Distrito paraguaio de Zanja Pytá, a cinco quilômetros de Pedro Juan, cidade que faz fronteira com Ponta Porã.

De acordo com o site Mercosul News, o homem foi assassinado com pelo menos 40 facadas e golpes de um objeto contundente, possivelmente um martelo. O cadáver foi jogado na beira da estrada e depois incendiado com gasolina.

Ainda no domingo, a polícia paraguaia prendeu a mulher da vítima, Ednalva Benedito da Silva, 40 anos, suspeita de participação no crime. Ela foi flagrada por câmeras de segurança de um posto de combustíveis, quando em companhia de outro elemento, abandonou o veículo do marido, uma BMW, cor prata, placas ALR-489, do Paraguai.

Ainda conforme o site, a mulher apresentou várias versões para o crime, mas acabou relatando o que de fato aconteceu com seu marido. Segundo ela, teria sido motivo por conta de uma dívida de R$ 30 mil que Godoy tinha com um homem identificado pelo nome de ao Diosnel.Godoy tinha várias passagens pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Veículos carregados com produtos ilegais foram apreendidos pelo DOF durante a Operação Hórus
INTERNACIONAL
OMS: transmissão de vírus pelo ar pode se dar em procedimento médico
CRIME AMBIENTAL
Empresa de cerâmica é autuada em R$ 5 mil por extração ilegal de argila, interdita local de exploração e apreende retroescavadeira
PONTA PORÃ
Veículo com mais de 270 quilos de maconha foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus