Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Brasileiros devem gastar R$ 236,58 bilhões com alimentos e artigos de limpeza este ano

08 maio 2012 - 10h58
Por InfoMoney


Os brasileiros devem gastar R$ 236,58 bilhões com alimentos e artigos de limpeza este ano, segundo estimativas do Pyxis Consumo, ferramenta de dimensionamento de mercado do Ibope Inteligência, divulgadas nesta segunda-feira (7).

De acordo com o estudo, o montante representa um aumento de 15,25% em relação ao gasto de 2011, que somou R$ 205,27 bilhões.

O Pyxis Consumo é uma base de dados que apresenta o potencial de consumo (demanda) por grupo de produtos de todos os municípios brasileiros. Esta base permite ao usuário identificar diferenças entre 21 setores disponibilizados, as quatro classes socioeconômicas (A, B, C, D/E) e os 50 grupos de produtos.

Classe social

Por classe social, o levantamento aponta que a classe C é a que mais gastará com alimentos e artigos de limpeza neste ano, em torno de R$ 103,8 bilhões e R$ 6,53 bilhões, respectivamente, respondendo por 46,91% do consumo de alimentos e 42,67% da aquisição de artigos de limpeza.

Em seguida, no que diz respeito aos alimentos, aparecem a classe B, com gastos de R$ 76,75 bilhões; a classe DE, R$ 25,19 bilhões e, por último, a classe A, com R$ 15,55 bilhões.

Já nos artigos de limpeza, os gastos são os seguintes: classe B, R$ 5,76 bilhões; classe DE, R$ 1,53 bilhão; e classe A, R$ 1,47 bilhão.

Destaques

Ainda conforme o estudo, do total a ser movimentado nestes setores, R$ 221,29 bilhões serão destinados ao consumo de alimentos, enquanto que R$ 15,29 bilhões correspondem aos artigos de limpeza.

No geral, as carnes, aves e derivados são os itens com os quais os brasileiros mais gastarão este ano, R$ 72,40 bilhões. Em seguida, aparecem os produtos de mercearia, R$ 49,91 bilhões, matinais (R$ 33,52 bilhões), laticínios e derivados (R$ 28,39 bilhões).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
SAÚDE
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países
POLÍTICA
Governo federal diz que não se envolve em compras privadas de vacina
ECONOMIA
Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve