Menu
Busca terça, 04 de agosto de 2020

Com fronteira “aberta”, secretária garante segurança reforçada contra aftosa

Com fronteira “aberta”, secretária garante segurança reforçada contra aftosa

06 outubro 2011 - 19h42Por Assessoria
A titular da Seprotur (Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), Tereza Cristina, afirmou na quinta-feira que a vigilância reforçada na região de fronteira no Estado, no combate ao foco de aftosa surgido no Paraguai, garante situação de normalidade na região.

A faixa de fronteira está “aberta” desde o final de semana, já que, na sexta-feira última, expirou decreto do governo do Estado que fechava a fronteira do Estado e proibia o ingresso de veículos, produtos e subprodutos orgânicos e agropecuários originários do país vizinho.

O decreto vigorou por cinco dias. Segundo a secretária, agora, o Estado possui todo o equipamento necessário para pulverização de veículos.

A titular da pasta ainda afirmou que não foi identificada a necessidade pontual de vacinações específicas em qualquer região do Estado, fora do prazo de vacinação, prevista para começar em novembro.

Militares do Exército, policias do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e fiscais do Iagro formam equipes volantes para fiscalização na região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Caixa vai pagar auxílio emergencial a 805 mil novos beneficiários
NOTÍCIAS
CIEE registra aumento no número de vagas de estágio e aprendizagem
TRÁFICO DE DROGAS E DE MUNIÇÕES
Polícia apreende caminhão que seguia de MS para o RJ, com 3,9 toneladas de maconha, pistola e munições para fuzil
GERAL
Energia elétrica de inadimplentes pode ser cortada a partir de hoje