Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021

"Comida de rua deve ser fiscalizada, não punida", diz chef

14 agosto 2012 - 16h40
Folha


Os chefs Renata Cruz, 28, do Amici, e Raphael Despirite, 28, do Marcel, se conheceram no casamento de uma amiga em comum, a também chef Bella Masano, do Amadeus, e desde então se tocam projetos juntos.

O mais recente é o programa "Xepa", que foca a gastronomia sem dolmã e fora das cozinhas, caçando lugares e comidas pelas ruas da cidade de São Paulo.

Bem humorados, os episódios são dirigidos por Camila Gutierrez e vão ao ar --ao menos por enquanto-- somente na internet. No primeiro, os dois vão atrás do "cannolo" e da tradição dos jogos do Juventus, na Mooca, zona leste.

Confira entrevista dos chefs para a sãopaulo.

*
sãopaulo - De quem partiu a ideia de fazer um programa sobre comida de rua para ser exibido na internet?
Raphael - A Renata surgiu com a proposta de fazer um programa com nossa cara e nossa visão de gastronomia, mais despretensiosa.
Renata - O "Xepa" é uma criação em conjunto, uma soma de histórias e de inquietações. E a internet é um veículo muito rápido, que possibilita assistir ao conteúdo quando quiser.

Como vai ser o próximo episódio?
Raphael - Será sobre uma paixão nacional, a coxinha.
Renata - Estamos fazendo uma pesquisa sobre coxinhas fora do circuito, que poucos conhecem. A ideia é descobrir comidas, lugares e passeios interessantes em São Paulo.

O que de mais curioso descobriram nas gravações?
Renata - Cada saída tem uma história -tirando a falta de habilidade do Raphael ao volante, que se manifesta em todas as gravações. Mas a visita para conhecer o "cannolo" do Clube Juventus foi muito bacana. Em dia de jogo, a Mooca para, é uma tradição!

O que vocês acham das recentes sanções da Prefeitura de São Paulo à comida de rua?
Raphael - Banir é uma solução simplista e ineficiente. A comida de rua deve ser fiscalizada, não punida. Ideal seria orientar o vendedor e dar estrutura para um trabalho correto.

Qual é a receita de rua preferida de vocês?
Raphael - Tapioca.
Renata - Milho cozido!

Como será o menu a quatro mãos servido no almoço de aniversário do Amici, no dia 25/8?
Renata - Faremos um menu para dividir, sem pratos individuais ou menu-degustação. Quase todas as minhas memórias gustativas vêm de almoços em mesas grandes, com travessas indo e vindo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CUIDADO
Janeiro Branco e os cuidados com saúde emocional em meio a uma pandemia
SELVÍRIA
Paulista é autuado por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa
CORONAVÍRUS
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
JUSTIÇA
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas