Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Corintianos reúnem-se com dirigente para exigir saída de Tite

18 setembro 2011 - 21h57Por Terra
Um grupo de 15 torcedores do Corinthians cercou o gerente de futebol de clube, Edu Gaspar, para exigir a saída do técnico Tite do comando do time alvinegro. Membros de três organizadas diferentes ameaçaram invadir os vestiários do Pacaembu e foram detidos pela Polícia Militar minutos após a derrota por 3 a 1 contra o Santos, ontem. A conversa com o dirigente durou cerca de 20 minutos.

"O Edu Gaspar conversou com os torcedores e a indicação deles é que a gente demita o treinador. Mas isso não vai acontecer, temos que trabalhar, temos um jogo bem dificil na quarta-feira. Eles querem conversar com os jogadores, com a gente (diretoria) na terça-feira, vamos recebê-los e iremos falar que o Tite vai permanecer conosco até o fim do contrato", afirmou o vice-presidente Roberto de Andrade.

"Esse tipo de protesto é normal no Corinthians, eu que fui criado aqui sei muito bem disso. O trabalho está sendo bem feito, estamos vendo isso, mas uma derrota dessa em casa claro que deixa dúvidas. Mas o trabalho vai continuar, conversei com os torcedores, eles falaram comigo também e tentei dizer que não é bem assim", acrescentou Edu Gaspar.

Entre outros assuntos tratados na conversa, os corintianos exigiram a saída imediata de Tite e reclamaram da atuação de alguns atletas, como o meia Alex. O treinador, contudo, desconversou sobre o tema. "Isso fica no âmbito do jogo, eu devo todas as explicações ao meu comando, à todas as pessoas, e aos atletas que não deixaram de buscar", disse.

Em conversa com o Terra, um dos membros da principal organizada do Corinthians afirmou que a torcida não quer mais a permanência do treinador no cargo e pediu até o retorno de Carlos Alberto Parreira ao clube. "Foi uma conversa pacífica com o Edu e devemos ter outra amanhã. Mas chega de Tite, não dá mais. Fomos exigir a cabeça dele. Falam que não tem mais ninguém no mercado, coloca o Parreira então", disse, sem querer identificar-se.

O Corinthians caiu para o terceiro posto no Campeonato Brasileiro e alcançou sua quinta derrota nos últimos sete jogos. Com o resultado, o Santos ficou em 11º, com 32 pontos, 11 a menos que o Corinthians. O líder é o Vasco, com 45, e o São Paulo ocupa a segunda colocação, com 44.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Mulher foragida da Justiça acaba presa em Aparecida do Taboado
SAÚDE
Transporte em tempos de coronavírus é tema do Caminhos da Reportagem
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
GERAL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19