Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020

Detran leiloa em outubro mais de 500 lotes de sucatas de veículos

Detran leiloa em outubro mais de 500 lotes de sucatas de veículos

26 setembro 2011 - 10h01Por Assessoria
Entre os dias 7, 13 e 14 de outubro o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS) realiza um leilão de 527 lotes de sucatas de veículos, sendo 186 automóveis e 341 motocicletas, que estão recolhidos no pátio do órgão, em Campo Grande. A intenção é desafogar o pátio da Capital. O edital de Leilão de nº 04/2011, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de quarta-feira passada (21).

Os veículos serão leiloados como sucatas e não poderão circular nas ruas. Porém, algumas peças estão em bom estado de conservação, o que acaba sendo um bom negócio para revendedores de peças de motos e carros. Os valores iniciais dos lotes de variam de R$ 100 a R$ 800 para carros e de R$ 50 a R$ 290 para motos.

No dia 7 de outubro serão leiloados os lotes de carros e nos dias 13 e 14 de outubro, os lotes de motos. O valor arrecadado no leilão será usado para quitar a dívida do veículo leiloado junto ao Detran/MS. Caso o montante arrecadado seja inferior ao valor da dívida, o proprietário do veículo será cobrado judicialmente. Se o valor arrecadado do lote for superior à dívida do veículo, o proprietário receberá a diferença.

Os lotes que se encontram recolhidos-apreendidos poderão ser examinados na sede do Detran/MS localizado na Rodovia MS-080, Km 10, saída para Rochedo, nos dias 4, 5 e 6 de outubro, no período das 8 às 13 horas. O leilão acontece na sede do Detran/MS, a partir das 8 horas, no Auditório do Bloco 12. O edital do leilão está disponível [aqui](http://ww1.imprensaoficial.ms.gov.br/pdf/DO8036_21_09_2011.pdf)

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLÊNCIA NA FRONTEIRA
Corpos de três brasileiros e um paraguaio são encontrados com sinais de tortura na fronteira
NOTÍCIAS
Saiba como solicitar antecipação de julgamento e sustentação oral em sessões do TJMS
DETRAN-MS
Ponta Porã recebe sistema para pagamento de guias com cartões de débito
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$ 3,56 bilhões em outubro