Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021

Eduardo Riedel faz palestra em Costa Rica nesta quinta-feira

Eduardo Riedel faz palestra em Costa Rica nesta quinta-feira

20 outubro 2011 - 13h10
Divulgação (TP)

Por trás dos resultados da agropecuária brasileira, que responde hoje por 21,23% do Produto Interno Bruto (PIB) e fez do País passar de importador para um dos maiores exportadores de alimentos do mundo em quatro décadas, estão a obstinação do produtor brasileiro e a tecnologia aplicada ao campo. Este é o panorama que será evidenciado com dados estatísticos em palestra que o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) realiza nesta quinta-feira (20), na Faculdade de Educação de Costa Rica (FECRA), às 19h30.



Com o tema “Inovação gerando resultados no agronegócio”, a palestra se destina a acadêmicos e empreendedores rurais e vai mostrar a importância das tecnologias agrícolas sustentáveis e o salto dado pela agricultura brasileira com a aplicação de tecnologias e a profissionalização do homem do campo. O desenvolvimento da agropecuária nacional é resultado da atuação de entidades como a Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuária (Embrapa) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).



Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Brasil está em primeiro lugar no ranking mundial de produção e exportação de açúcar, café, suco de laranja e álcool. É segundo na produção e exportação de carne bovina. E está em segundo na produção e exportação de complexo de soja. Além disso, figura entre os três primeiros na escala de produção e exportação de carne de frango e milho.



Sobre a Famasul - A Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) é uma das 27 entidades sindicais que integra a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Tem atuação voltada para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representa os interesses dos produtores e dos sindicatos rurais do Estado. Como representante do homem do campo, a Famasul põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 16,6% do PIB sul-mato-grossense e responsável por parcela substancial da produção industrial de Mato Grosso do Sul. Acesse www.famasul.com.br.



Deixe seu Comentário

Leia Também

SIDROLÂNDIA
Indiciado por homicídio de uma adolescente é preso pela Polícia Civil
ECONOMIA
Governo adia para dia 31 reinício de bloqueio e suspensão de benefício
Decisão tem por base efeitos da pandemia
CORUMBÁ
Adolescente infratora é detida após se envolver em briga
TURISMO
FundturMS apresenta aos novos prefeitos as ações para o fomento do turismo de MS