Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020

Grã-Bretanha congela bens de cinco homens por complô iraniano

Grã-Bretanha congela bens de cinco homens por complô iraniano

18 outubro 2011 - 14h30
Reuters

A Grã-Bretanha congelou os bens de cinco homens, incluindo dois suspeitos de um suposto complô iraniano para matar o embaixador saudita nos Estados Unidos, disse um porta-voz do governo na terça-feira.

Entre os cinco estava Manssor Arbabsiar, naturalizado norte-americano, que foi preso em setembro pelo complô, rejeitado pelo Irã como "uma comédia" fabricada.

Gholam Shakuri, um iraniano identificado pelas autoridades norte-americanas como um dos planejadores do ataque, também teve seus bens congelados. Ele está foragido e encontra-se, supostamente, no Irã.

"O Tesouro de Sua Majestade designou cinco indivíduos sob o Ato de Congelamento de Bens Terroristas de 2010 em relação com as atividades terroristas do Irã e da Força Quds", disse um porta-voz do governo

"Estaremos em consultas com parceiros, incluindo nossos colegas da UE, Arábia Saudita e os Estados Unidos sobre que ações devemos tomar a seguir", acrescentou.

Autoridades norte-americanas disseram ser provável que o chefe da força de elite iraniana Quds sabia do suposto complô para matar o embaixador saudita Adel al-Jubeir.

O Tesouro britânico também listou Qasem Soleimani, que era comandante da Guarda Revolucionária iraniana. Os outros dois homens foram identificados como sendo os iranianos Hamed Abdollahi e Abdul Reza Shahlai.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Passageiros serão indenizados após falha em realocação da companhia aérea
SAÚDE
Covid-19: ocupação de leitos na rede privada cai para 57% em agosto
ECONOMIA
Dólar fecha em forte alta com incerteza fiscal no radar
FALSO FRETE
Polícia Civil recupera veículo roubado em Dourados