Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021

Homem que abusou de enteada também teria estuprado neta em Corumbá

13 julho 2012 - 15h20
Diário Online

Jorge Borges Queiroz, 44 anos, indiciado pela Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e do Idoso (DAIJI), em Corumbá, por estupro de vulnerável praticado contra a enteada de 06 anos de idade, também é apontado como autor do mesmo crime contra outra criança, 7 anos. Desta vez, a vítima é sua própria neta.

Em depoimento na Delegacia, ele confessou que abusou da neta, antes de praticar o crime contra a enteada. De acordo com ele, em 2010, enquanto sua filha ia trabalhar e deixava a criança em casa, ele aproveitava para abusar da menina. Ele não soube precisar quantas vezes cometeu o ato, mas afirmou que foram "algumas vezes".

A delegada titular da DIAJI, Priscila Anuda Quarti Vieira, também indiciou Jorge pelo abuso praticado contra a neta. Ele está preso no Estabelecimento Penal Masculino. A Polícia chegou até ele depois que a enteada foi levada ao médico pela mãe. A menina reclamava de dores ao urinar e a mãe a levou ao pronto-socorro, onde o médico plantonista constatou que a criança estava com herpes genital.

O caso foi comunicado ao Conselho Tutelar e a DAIJI, que iniciou investigação, inclusive com declarações da vítima, e chegou até Jorge. Ele foi detido e confessou o abuso à enteada e também à neta.

"Geralmente, em casos de abuso, a gente sabe que a pessoa não pratica apenas com uma vítima e, no depoimento, ele acabou confessando. Chamamos a filha dele aqui e comunicamos o crime. A garota também confirmou, mas como se passou algum tempo, estamos num trabalho junto à psicóloga para coletar detalhes", disse. A criança não apresentou sintomas de DST, segundo a polícia.

O inquérito policial deve ser concluído na próxima semana, quando os laudos definitivos do exame de corpo de delito das duas crianças devem ficar prontos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Decreto institui sistema que verifica emissões de carbono no agro
DETRAN
Renave é garantia de segurança e credibilidade nas transações comerciais, diz diretor
CONCESSÃO PÚBLICA
Usuários da MS-306 contam com atendimentos gratuitos, de socorro mecânico a combate a incêndios
ECONOMIA
Linguiça tradicional de Maracaju é o segundo produto a receber o Selo Arte em MS