Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020

Jogos da Copa do Brasil poderão acontecer no Douradão

14 dezembro 2011 - 09h57Por Dourados News
Definidos os confrontos dos times sul-mato-grossenses na disputa da Copa do Brasil em 2012, há agora a expectativa de onde as partidas devam acontecer. O estádio Pedro Pedrossian, o Morenão, maior do Estado encontra-se sem os laudos necessários para realizações de partidas de futebol e pode ficar de fora.

A notícia abre uma brecha para que o estádio Frédis Saldivar, o Douradão, possa receber pelo menos um dos duelos, entre o Cene e o Atlético Mineiro. A partida ainda não tem data definida.

Na semana passada, a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), divulgou nota, mostrando que dois estádios da capital, entre eles o Morenão, ainda não tiveram as liberações dos órgãos de segurança.

Já para a partida entre Aquidauanense, atual vice-campeão e o Bahia de Feira de Santana, deve ser transferido de Aquidauana, para um local com maior estrutura, apesar do adversário não ter uma tradição maior no futebol.

Em caso dos times sul-mato-grossenses passarem de fase na Copa do Brasil, Cene e Aquidauanense poderão enfrentar na próxima fase, São Paulo e Santa Cruz, respectivamente.

Copa do Brasil

A competição tem um fato curioso envolvendo os clubes de Mato Grosso do Sul. Nos últimos três anos, o campeão venceu uma equipe do Estado durante a disputa.

Em 2009, o Corinthians, campeão daquela temporada, passou pelo Misto de Três Lagoas no estádio Morenão, pelo placar de dois a zero. Já Em 2010, o Naviraiense perdeu para o Santos pelo placar de um a zero em Campo Grande, mas na partida de volta sofreu uma vexatória goleada, por 10 a 1, e o time do litoral paulista tornou-se campeão daquele ano.

No ano passado de nada adiantou a festa da torcida comercialina na capital para o duelo contra o Vasco, que vinha de um mal começo de ano. No final, o cruz-maltino goleou o time da casa por seis a um e posteriormente conquistou o troféu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Caminhão que seguia para Campo grande com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF
PROPINA DIFERENTE
Traficante Minotauro usou canetas de US$ 900 para pagar propina a agentes paraguaios, afirma MPF
ECONOMIA
Seis milhões de pessoas pediram empréstimo na pandemia, diz IBGE
CORONAVÍRUS
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário