Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020

Major da PM ameaçado por contrabandistas deixa o comando da Polícia Rodoviária

15 dezembro 2011 - 10h45Por Midiamax
O major Joílson Queiroz Sant'Ana, que passou a receber ameaças após assumir o comando da PMRv (Polícia Militar Rodoviária) e apertar o cerco ao contrabando de cigarros, deixou a chefia da unidade.

A portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado de ontem (15). Em seu lugar, entra o também major Jonildo Theodoro de Oliveira, que estava no Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança de MS).

Segundo a assessoria da PM, Joílson ficará lotado na ajudância geral da Polícia Militar. A portaria foi assinada pelo comandante-geral da corporação, coronel Carlos Alberto David dos Santos.

Ameaças

Na época, o major passou a andar escoltado por policiais da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) para sua proteção.

As ameaças foram feitas devido às intensificações nos trabalhos de fiscalização nas rodovias contra o tráfico de drogas e o contrabando de mercadorias do Paraguai e da Bolívia.

Além disso, os contrabandistas passaram a ameaçar o próprio comandante da PM. Após as operações Holambra, Fumus Malus e Alvorada Voraz, boa parte da quadrilha, que envolvia até mesmo policiais, foi desmantelada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

R$ 60 MIL
Família será indenizada pela morte do filho em baile funk
JUSTIÇA
TST determina fim da greve dos Correios
NOTÍCIAS
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
POLÍTICA
Interesses ocultos usam meio ambiente para prejudicar país, diz Heleno