Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020

Biffi e Delcídio pedem e MCT habilita mais 22 municípios de MS no Programa Cidade Digital

Biffi e Delcídio pedem e MCT habilita mais 22 municípios de MS no Programa Cidade Digital

18 outubro 2011 - 13h40
Divulgação (TP)

Atendendo pedido do deputado federal Antonio Carlos Biffi(PT/MS) e do senador Delcídio do Amaral(PT/MS), o Ministério da Ciência e Tecnologia(MCT) habilitou mais 22 municípios sul-mato-grossenses a receberem o Programa Cidade Digital, que tem como objetivo a modernização da gestão, através da interligação da prefeitura com as escolas, postos de saúde e demais órgãos públicos, o que permite a redução de gastos com provedores e serviços de terceiros. Nele, está contido também o projeto Internet para Todos, através do qual são implantados telecentros para que a população carente tenha acesso à rede mundial de computadores.

“Até agora, apenas Bonito e Campo Grande são contemplados com o Cidade Digital em nosso estado. Com a portaria baixada pelo MCT, levaremos o programa a mais 22 municípios, além de expandi-lo na capital. Com isso, vai ser possível disponibilizar o sinal da Internet sem fio em escolas e até em áreas públicas como praças e centros de eventos culturais e esportivos, mostrando que o governo da presidenta Dilma tem compromisso com o futuro, com as crianças e jovens que estão transformando Mato Grosso do Sul e o Brasil no lugar dos nossos sonhos”, avalia Delcídio, que no final de setembro, acompanhado do deputado Biffi, foi recebido em audiência pelo ministro Aloízio Mercadante para tratar do assunto.

A portaria do Ministério da Ciência e Teconologia habilita os municípios de São Gabriel do Oeste, Dois Irmãos do Buriti, Caarapó, Iguatemi, Paranaíba, Dourados, Inocência, Eldorado, Maracaju, Jardim, Aral Moreira, Coxim, Naviraí, Bela Vista, Terenos, Nioaque, Douradina, Itaporã, Selvíria, Rochedo, Aquidauana e Anastácio a receberem recursos para implantação do Programa Cidade Digital, além de ampliá-lo em Campo Grande. Os projetos, já encaminhados pelas respectivas prefeituras, entram agora em fase de análise, para posterior liberação de recursos. A estimativa é de que o MCT invista cerca de R$ 18 milhões para atender as cidades selecionadas.


Atendendo pedido do deputado federal Antonio Carlos Biffi(PT/MS) e do senador Delcídio do Amaral(PT/MS), o Ministério da Ciência e Tecnologia(MCT) habilitou mais 22 municípios sul-mato-grossenses a receberem o Programa Cidade Digital, que tem como objetivo a modernização da gestão, através da interligação da prefeitura com as escolas, postos de saúde e demais órgãos públicos, o que permite a redução de gastos com provedores e serviços de terceiros. Nele, está contido também o projeto Internet para Todos, através do qual são implantados telecentros para que a população carente tenha acesso à rede mundial de computadores.

“Até agora, apenas Bonito e Campo Grande são contemplados com o Cidade Digital em nosso estado. Com a portaria baixada pelo MCT, levaremos o programa a mais 22 municípios, além de expandi-lo na capital. Com isso, vai ser possível disponibilizar o sinal da Internet sem fio em escolas e até em áreas públicas como praças e centros de eventos culturais e esportivos, mostrando que o governo da presidenta Dilma tem compromisso com o futuro, com as crianças e jovens que estão transformando Mato Grosso do Sul e o Brasil no lugar dos nossos sonhos”, avalia Delcídio, que no final de setembro, acompanhado do deputado Biffi, foi recebido em audiência pelo ministro Aloízio Mercadante para tratar do assunto.

A portaria do Ministério da Ciência e Teconologia habilita os municípios de São Gabriel do Oeste, Dois Irmãos do Buriti, Caarapó, Iguatemi, Paranaíba, Dourados, Inocência, Eldorado, Maracaju, Jardim, Aral Moreira, Coxim, Naviraí, Bela Vista, Terenos, Nioaque, Douradina, Itaporã, Selvíria, Rochedo, Aquidauana e Anastácio a receberem recursos para implantação do Programa Cidade Digital, além de ampliá-lo em Campo Grande. Os projetos, já encaminhados pelas respectivas prefeituras, entram agora em fase de análise, para posterior liberação de recursos. A estimativa é de que o MCT invista cerca de R$ 18 milhões para atender as cidades selecionadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARAL MOREIRA
Homem é encontrado carbonizado e com marcas de tiros no corpo
Motocicleta com placas do Paraguai também foi queimada
IGUATEMI
Homem morre vítima de tiro acidental na cabeça durante pescaria
Jair Ruzzene, de 56 anos, se apoiou em cano de espingarda quando arma disparou e o atingiu
MARACAJU
Veículo com quase meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF
ECONOMIA
Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial do FGTS