Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020

PF apreende mais de uma tonelada de maconha na fronteira

06 outubro 2011 - 19h33Por PF
Na manhã de quarta-feira, dia 05, o plantonista da Policia Federal de Dourados recebeu uma ligação anônima dando conta de que um veículo, tipo van, estava com pneu furado, e entrou em uma propriedade rural, levantando a suspeita de algum ato ilícito, como o tráfico de drogas.

O local seria a estrada do Bolicho Queimado, próximo da Vila Marques, município de Aral Moreira. Em Amambai, a Policia Federal estava com agentes na região. Quando os policiais chegaram em Vila Marques perceberam um veículo Fiat Doblô, cor prata, estacionada no pátio de uma borracharia.

O borracheiro informou aos policiais que a van estaria com o pneu danificado, e que seu proprietário havia se deslocado para comprar um novo pneu. Ao aproximarem-se da van, os policiais perceberam um forte cheiro de maconha. Os policias aguardaram o retorno do proprietário do veículo e a outra equipe deslocou-se pela estrada do Bolicho Queimado, tentando localizar a propriedade rural onde a van teria adentrado.

Por volta das 10hs à equipe da PF localizou em uma entrada de fazenda grande quantidade de tabletes de maconha, jogadas às margens de um riacho, escondido no mato.

O fato foi comunicado a outra equipe que efetuou a abordagem das duas pessoas que foram levar o pneu para a van, sendo que ambas confessaram sua participação no crime de tráfico de entorpecente, R.A.C.S. , 19 anos, pecuarista, morador de Coronel Sapucaia, como batedor da carga e que estava no veículo Ford Fiesta e H.R.B.V., 26 anos, servente de pedreiro, morador de Aral Moreira, como motorista da van, Fiat Doblô.

No total foram apreendidos 1.440 Kg (uma tonelada e quatrocentos e quarenta quilos) de maconha e dois veículos, um Fiat Doblô, placas HRM 2820 e um Ford Fiesta, placas DXB 6540.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEI
Grupo Amor Vida é declarado de Utilidade Pública Estadual
AGEPAN
Para ampliar suporte a custodiados indígenas, Agepen se reúne com representantes da Funai em MS
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua infrator por desmatamento ilegal com o objetivo de construir estrada
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar R$ 12,5 milhões amanhã