Menu
Busca terça, 02 de março de 2021

PMA prende duas pessoas de Mato Grosso do Sul por caça e carga de lenha ilegal

27 agosto 2011 - 14h00Por Midiamax
Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho e Bonito (MS) prenderam na sexta-feira (26) um caminhão Ford, placas HQS 1783, carregado com 12 m³ de lenha nativa, sem documentação Ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal). Junto com o motorista responsável pela carga ilegal, também estava um homem residente de Caracol, campeiro de profissão, que acabou sendo acusado pelo crime de caça.

O passageiro trabalhava em uma carvoaria e com ele, os policiais apreenderam uma espingarda, calibre 22 e um animal silvestre da espécie “veado-catingueiro” abatido. Ambos os infratores foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Porto Murtinho, onde foram autuados em flagrante pelos crimes e saíram após pagamento de fiança de R$ 1.200,00.

A abordagem trata-se de uma operação conjunta nos dois municípios e ocorreu em uma rodovia vicinal de Porto Murtinho. O proprietário da madeira ilegal, residente em Porto Murtinho foi autuado administrativamente e multado em R$ 3.600,00. A lenha e o veículo foram apreendidos. Ele responderá por crime ambiental, e se condenado, poderá pegar pena de 6 meses a 1 ano de detenção.

Já o responsável pela caça foi multado em R$500,00 pelo animal abatido. Ele responderá por crime ambiental, e caso seja condenado, poderá pegar pena de 06 meses a 01 ano de detenção. Além disso, também inclui a pena de 01 a 03 anos de reclusão pelo porte ilegal da arma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGEPAN
Agepan publica Portaria que institui Termo de Ajustamento de Conduta no transporte rodoviário
ECONOMIA
Produção de petróleo cresce 5,4% de dezembro para janeiro, diz ANP
PARANAÍBA
Homem é preso pela Polícia Militar ao tentar furto na Rodoviária
SAÚDE
Covid-19: MS tem mais de 183 mil casos confirmados e 3,3 mil mortes