Menu
Busca terça, 09 de março de 2021

PRF implanta placas informativas nas rodovias federais de MS

17 novembro 2011 - 10h16Por PRF
A Polícia Rodoviária Federal e o Departamento Nacional de Infraestrutura em Transporte - DNIT, implantaram este mês 13 placas de informativas com o intuito de promover educação para o trânsito das rodovias federais em Mato Grosso do Sul.

A iniciativa foi da Comissão de Educação para o Trânsito da Polícia Rodoviária Federal no Estado, que elaborou o projeto, e contou com o apoio de técnicos do DNIT que ajudaram na elaboração das frases e indicação dos trechos a serem implantados.

O projeto foi elaborado com o intuito de promover a reflexão de condutores que circulam pelas rodovias federais no Estado de Mato Grosso do Sul quanto a sua conduta ao longo da viagem, convidado-o a pensar sobre a forma como esta conduzindo e tomar as decisões corretas, tendo em vista a condições adversas que poderá estar enfrentando na viagem, como destenção e cansaço físico.

Outro propósito do projeto é a de informar aos usuários das rodovias, que os mesmos se encontram em trecho federal e os órgãos em que têm gestão sobre a mesma: PRF e DNIT, facilitando o acesso aos cidadãos a estes órgãos em caso de necessidade, reclamações, denunúncias e outras informações pertinentes.As placas foram implantadas nas rodovias federais BR163 e BR262.

O projeto piloto visa também observar o comportamento dos usuários das rodovias em que as placas foram implantadas, colher seus depoimentos, para verificar a aceitação do modelo de informação apresentada e para verificar a viabilidade de ampliar o projeto para demais trechos e até mesmo para que a iniciativa possa ser copiada para outros Estados. A conscientização do condutor e a sua mudança de comportamento, visando a segurança do trânsito é o grande objetivo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Pré-selecionados do Prouni têm até sexta para comprovar informações
ECONOMIA
União pagou R$ 1,35 bilhão de dívidas de estados em fevereiro
CAARAPÓ
Suspeito de homicídio é preso em flagrante pela Polícia Civil
ECONOMIA
Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes