Menu
Busca segunda, 23 de novembro de 2020

Reeducandos do presídio de Ponta Porã começam a fabricar pisos táteis

20 outubro 2011 - 17h40
Campograndenews

Reeducandos na UPRB (Unidade Penal Ricardo Brandão), em Ponta Porã, estão trabalhando na produção de pisos táteis, aqueles utilizados para orientar pessoas com deficiência visual. A iniciativa reforça o trabalho de fabricação de calçadas com tijolos ecológicos, já desenvolvidos no presídio desde o início deste ano.

A primeira produção será destinada ao Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), que doou no final do mês passado as formas que servem de base para a produção. Cerca de 300 formas foram entregues à direção do presídio pelo Simted.

Para o diretor unidade, Rodrigo Borges Marques, a fabricação dos pisos táteis no presídio representa uma ocupação produtiva para os reeducandos e ainda contribui diretamente para a sociedade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Guedes diz que país vai perder menos empregos que na última recessão
JUSTIÇA
Concessionária indenizará cliente por cobrança abusiva e fatura indevida
SAÚDE
Semana Nacional do Doador de Sangue une 17 hemocentros em todo o País
ECONOMIA
Começa hoje a semana de educação financeira do Banco Central