Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020

Semana da Conciliação começa hoje com 6.900 audiências

Semana da Conciliação começa hoje com 6.900 audiências

28 novembro 2011 - 16h00
Midiamax

Começa nesta segunda-feira (28), a Semana da Conciliação, um esforço concentrado para a redução do volume de processos em trâmite nas 54 comarcas da justiça de Mato Grosso do Sul. Criada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem por objetivo motivar os tribunais a buscar entendimento entre as partes e disseminar a cultura da resolução dos conflitos judiciais, por meio da mediação.

Conciliação é a modo mais rápido e barato de encerrar um processo, respeitando o interesse de cada um dos envolvidos, além de reduzir o número de sentenças proferidas que forçam a parte contrária a cumprir a decisão do juiz.

Esta edição contará com a Justiça Itinerante presente no esforço concentrado. Durante o período de 28 e novembro a 2 de dezembro os conciliadores atenderão nos bairros, e na sexta-feira (2) estará na Praça do Rádio, das 7 às 16 horas, prestando esclarecimentos e fazendo conciliações.

Com o slogan “Conciliar é a forma mais rápida de resolver conflitos”, a coordenação da Semana da Conciliação em Mato Grosso do Sul será da Desª. Tânia Garcia de Freitas Borges, do Des. Vladimir Abreu da Silva e do juiz Fernando Paes de Campos, sob a presidência da desembargadora.

O juiz Fernando Campos acredita que a população começa a reconhecer a conciliação como uma forma idônea e eficiente para solução dos conflitos trazidos perante o Judiciário. “Este é o objetivo maior da campanha nacional pela conciliação: incutir nas pessoas a ideia de que a melhor forma de resolver seus litígios é conversando e negociando. Conciliadores qualificados e experientes ajudam as partes a se entender e só assim se obtém a paz. Isso, em longo prazo, desafogará o Judiciário, permitindo que um serviço mais célere seja prestado ao cidadão”, concluiu ele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFORME PUBLICITÁRIO
Universidad Columbia del Paraguay, filial de Pedro Juan, abre matrículas para Medicina
TAQUARUSSU
Ambiental autua quatro em R$ 8,4 mil e apreende 139 quilos de pescado
INCÊNDIOS
Governo federal libera mais R$ 1,3 milhão para MS combater incêndios no Pantanal
MARACAJU
Menina procura a avó e diz que foi obrigada a ver filmes pornográficos