Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020

Simone assume; André comanda por telefone

Simone assume; André comanda por telefone

06 janeiro 2012 - 15h50
Correio do Estado

O governador André Puccinelli (PMDB) comandará Mato Grosso do Sul pelo telefone nos próximos dezoito dias, durante suas férias. A vice-governadora Simone Tebet (PMDB), que assume amanhã o posto de chefe do Executivo estadual, adiantou que recorrerá a linha direta com André para ele resolver eventuais problemas que possam surgir em sua ausência.

"Se tiver algum caso extraordinário a gente tem um contato com o governador, a gente liga e ele autoriza. Eu não vou agir de forma diferente do que o governador faria e nem além do que me foi delegado", afirmou Simone.

A vice declarou estar devidamente preparada para assumir o Governo e acompanhar os trâmites e obras em andamento devido a sua experiência com administração pública na Prefeitura de Três Lagoas. Ela também já assumiu o comando do Estado no ano passado, durante as férias de André.

"As coisas aconteceram normalmente, já tinha experiência de administração pública e sei como as coisas funcionam — empenho, ordem de serviço, sei toda a movimentação orçamentária financeira", comentou Simone, ao lembrar que em 2011 não foi necessário acionar o governador durante seu período de descanso. "Ano passado eu não precisei (ligar), o que foi feito foi avalizado e o governador concordou mesmo depois que ele chegou", acrescentou.

Ela destacou, entretanto, que não hesitará em recorrer a André se detectar em alguma secretaria situação que os secretários não tenham autonomia para resolver, principalmente relacionada a questões financeiras, única área recomendada pelo governador. "Só não pode abrir o cofre demais, essa é a única recomendação que eu vou fazer", disse ele anteontem, durante evento em seu gabinete.

Apesar de apostar que o período de férias de André será tranquilo — devido ao recesso parlamentar, por não ter sido iniciado o ano letivo e com muitas pessoas ainda viajando — Simone não descartou que possam ocorrer imprevistos na próxima quinzena. "A gente nunca sabe, 24h é muito tempo dentro do Governo, precisa ser cuidado", alertou.

Conforme a vice-governadora, "sempre tem alguma coisa" que exige decisões fora de praxe e, nesse caso, ela recorrerá a André. Para Simone, são secretarias propensas a imprevistos as da Saúde e de Segurança Pública, por exemplo. Além disso, ela disse acreditar que possam surgir gastos extra ou atividades em outras pastas que exijam o aval do governador e, se isso ocorrer, ela certamente recorrerá a ele. "Se eu acho que não é alguma coisa que de praxe os secretários têm autonomia financeira, que precise da autorização do governador e eu ache que tenha que ligar", detalhou.

Descanso

O governador André Puccinelli sairá em férias a partir de amanhã e viajará com os filhos, netos, genro, nora e a esposa para Natal (RN). A vice-governadora Simone Tebet comandará o Executivo até o retorno do governador, previsto para o dia 24 de janeiro. Assim que voltar a seu posto, no dia 25, André viajará ao Uruguai para conhecer o funcionamento do porto hidroviário de Nueva Palmira.


Deixe seu Comentário

Leia Também

NATUREZA
As histórias por trás de 3 fotos dos incêndios no Pantanal que viralizaram
ESPORTES
Vice-presidente do Flamengo defende volta da torcida aos estádios
POLITICA
Justiça Eleitoral já registrou mais de 55 mil pedidos de candidaturas
DOURADOS
Jovem ameaça mãe de morte e vai preso pela GM