Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020

SindJor-MS cobra agilidade nas investigações sobre assassinato de jornalista

SindJor-MS cobra agilidade nas investigações sobre assassinato de jornalista

13 fevereiro 2012 - 16h40
MS Já

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul – SindJor-MS – manifesta pesar pela morte do jornalista Paulo Roberto Cardoso Rodrigues, Paulo Rocaro, ocorrida na madrugada desta segunda-feira (13).

Segundo informações divulgadas pelo site Mercosul News, do qual Paulo Rocaro era diretor, o jornalista teria sofrido um atentado na cidade de Ponta Porã, quando transitava pela avenida Brasil por volta das 23h30, em um veiculo Fiat Idea. Ele teria sido atacado por dois pistoleiros que estavam em uma motocicleta e dispararam mais de 12 tiros contra o jornalista, que não resistiu às lesões provocadas pelos disparos e faleceu por volta das 4h20min desta segunda-feira.

Paulo Rocaro era reconhecido pelos colegas como defensor da categoria na região sul do Estado e sempre esteve preocupado com questões ligadas ao exercício da profissão, como qualidade do trabalho jornalístico, segurança dos profissionais, capacitação e condições de trabalho.

Por isso, o SindJor-MS vem a público cobrar das autoridades competentes agilidade nas investigações para que o crime seja esclarecido e os culpados sejam punidos.

O SindJor-MS estima ainda votos de muita força e de luz para os seus familiares e amigos e se solidariza com os colegas e diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais na Região da Grande Dourados – Sinjorgran.

SindJor-MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena pode pagar R$ 43 milhões nesta quarta-feira
ECONOMIA
Caixa paga R$ 2,6 bilhões de auxílio a 4 milhões de beneficiários
CORONAVÍRUS
Rastrear: SES cria sistema de rastreamento e monitoramento de casos confirmados de Covid-19
LEGISLATIVO
Deputados devem apreciar quatro matérias na sessão desta quarta-feira