Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020

Thiago Pereira dispara, vence 200 m medley e iguala Hoyama

19 outubro 2011 - 23h26Por Terra
O brasileiro Thiago Pereira alcançou uma marca histórica na noite de quarta-feira, em Guadalajara. O nadador conquistou o ouro na disputa dos 200 m medley e igualou o compatriota Hugo Hoyama, do tênis de mesa, como o maior vencedor do País em Jogos Pan-Americanos, com dez medalhas douradas. Com o tempo de 1min58s07, o atleta nacional dominou a prova desde o início e acabou premiado com o lugar mais alto do pódio. A prata ficou com o americano J. Conor Dwyer (1min58s64) e o bronze com Henrique Rodrigues (2min03s41).


Em sua principal prova no Pan-Americano, Thiago Pereira disparou no nado borboleta e virou o primeiro quarto da prova com uma ótima vantagem, acompanhado de Henrique Rodrigues. Especialista na distância, o nadador do Corinthians não se acomodou com a liderança e manteve o forte ritmo no nado costas e peito.

Para fechar a disputa, Thiago Pereira forçou o nado crawl com o objetivo de quebrar a marca pan-americana. Entretanto, antes de se preocupar com a quebra do tempo, o brasileiro recebeu a companhia de Dwyer, que cresceu na parte final da prova. Mas, sem sustos, Pereira finalizou a disputa com o tempo pouco acima de 1min58, suficiente para o nadador nacional subir no lugar mais alto do pódio e igualar-se a Hoyama.

E o nadador terá a oportunidade de ultrapassar o mesatenista ainda em Guadalajara. Na noite desta quarta-feira, Hugo Hoyama acabou eliminado do torneio simples de tênis de mesa para o cubano Andy Pereira pelo placar de 4 a 2, parciais de 7/11, 11/9, 11/3, 11/8, 5/11 e 11/8. Com o revés, o experiente atleta, porta-bandeira da delegação brasileira no México, não tem mais chances de medalha de ouro neste Pan.

Thiago Pereira já possui dez ouros na história do Pan, seis deles no do Rio de Janeiro, em 2007, nas provas de 200 m e 400 m medley, 200 m costas, 200 m peito, 4x100 m e 4x200 m livre. Agora, na edição 2011 da competição, ele já venceu nos 100 m costas, 400 m medley, 200 m medley e ainda estava na equipe do revezamento 4x100 m.

Hugo Hoyama, por sua vez, possui a mesma quantidade de ouros nos Jogos Pan-Americanos - ele venceu, na última segunda, seu décimo na prova por equipes. O mesatenista também faturou no Rio, em 2007, na disputa por equipes; em Santo Domingo, 2003, nas duplas; além de outras três vezes em Mar del Plata, 1995, nas modalidades duplas, equipe e individual, as mesmas que lhe renderam outros três ouros em Havana, 1991. O outro foi em Indianápolis, em 1987, também por equipes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Polícia Civil prende mulher que forjou o sequestro do próprio neto
JUSTIÇA
Réus condenados no Tribunal do Júri têm recurso negado
SAÚDE
Doações de órgãos caíram 40% com pandemia
MEIO AMBIENTE
Recém-criada, Sala de Crise do Pantanal, vai propor ações concretas de enfrentamento à seca