Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020

Vila Nova surpreende no Canindé e encerra série da líder Portuguesa

16 agosto 2011 - 22h23Por Terra
Líder e absoluta no Campeonato Brasileiro da Série B, a Portuguesa tropeçou na noite de terça-feira. Mesmo contando com o apoio da torcida no Estádio do Canindé, a equipe comandada pelo técnico Jorginho acabou derrotada por 1 a 0 pelo Vila Nova, que, com o resultado conquistado na estreia de Arthur Neto, quebrou uma sequência positiva de sete jogos do primeiro clube na tabela da competição - o time lusitano somou seis triunfos e um revés até o duelo diante dos goianos pela 17ª rodada.

Embora derrotada em casa, a Portuguesa segue na liderança da Série B, com 36 pontos, restando apenas dois jogos para o final do primeiro turno - com duas vitórias, o clube assegura, independentemente de outros resultados, o simbólico título da metade inicial do campeonato. Em contrapartida, o Vila Nova chegou aos 23 pontos ao triunfar pela segunda vez fora de casa no torneio.

Depois da segunda derrota no Canindé, a Portuguesa terá a oportunidade de se reabilitar na próxima sexta, às 20h30 (de Brasília), quando enfrentará o Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Por outro lado, o Vila tentará embalar e se aproximar da parte alta da tabela no sábado, às 16h20, diante do Americana, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

O jogo

Os primeiros 20 minutos de partida foram movimentados no Canindé. Sem esperar a Portuguesa em seu campo de defesa, o time goiano tentava se postar à frente, mas era acuado pelo grande ímpeto dos anfitriões.

Após o começo eletrizante do Vila Nova, que segurou a Portuguesa, no entanto, acabou prejudicado. A lesão de Bérgson, que parou o jogo e teve de ser substituído por Wando, deu uma esfriada nos ânimos das equipes.

As últimas grandes chances da primeira etapa foram na parte final, quando Jajá evitou saída de bola pela linha de fundo e rolou para Wando, que carimbou o travessão.

No segundo tempo, os visitantes novamente não se acanharam, e conseguiram calar o Canindé. Aos 10min, David recebeu no bico esquerdo da área, cortou Rogério e bateu firme no canto esquerdo de Weverton. A bola ainda tocou na trave e foi morrer no fundo das redes.

A Portuguesa tentou pressionar, mas esbarrava na falta de criatividade do meio-campo, que não se encontrou durante o duelo. Antes do fim, Mateus ainda foi expulso após parar contra-ataque com falta, fechando a noite ruim da líder diante dos seus torcedores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
1ª Câmara Criminal nega recurso de condenado por usar CNH falsa
SAÚDE
Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19
ESPORTE
Grande Prêmio do Brasil de F1 pode ser cancelado
COTAÇÃO
Dólar recua nesta sexta e fecha a R$ 5,31