Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
SAÚDE

5 motivos para homens irem mais ao médico

06 junho 2019 - 09h09Por MetLife

Pesquisas indicam que homens costumam ir menos ao médico do que as mulheres. Isso acontece por conta de questões culturais ou por que se tem o pensamento que check-ups não são necessários.

Nós da MetLife nos preocupamos com seu bem-estar e prezamos para que sua saúde se mantenha em dia. Por isso, separamos 5 motivos para que os homens entendam a importância de ir ao médico regularmente.

1. O cuidado é a melhor alternativa


Cuidar da saúde é algo necessário e importante para que o seu corpo funcione da maneira correta e você se sinta disposto e saudável para fazer suas tarefas. Exames de rotina cumprem o papel de identificar qualquer alteração para que possa ser analisada.

Assim, doenças podem ser diagnosticadas com antecedência, aumentando as chances de cura e fazendo com que o tratamento possa ser mais rápido.

Um exemplo é o câncer que, quando descoberto em seus primeiros meses de existência, tem muito mais chances de cura.

Outra questão é que muitas doenças, como problemas com colesterol, pressão, vitaminas e doenças sexualmente transmissíveis, não têm sintomas imediatos. Por isso, realizar exames preventivos com uma certa frequência aumenta as chances de você descobrir qualquer problema previamente.

O recomendado é fazer check-ups anuais ou semestrais, dependendo do que o seu médico pedir. Sempre que fizer a bateria de exames mostre-os ao seu médico para que ele confira se está tudo bem. E faça-os mesmo que esteja se sentindo bem.  

2. Dores recorrentes podem esconder problemas mais sérios


É normal que depois de um dia exaustivo de trabalho ou de um treino mais pesado na academia seu corpo fique um pouco dolorido. Afinal, seus músculos, nervos e outros partes do corpo deram seu máximo.

A questão é que, quando essas dores começam a ser frequentes em seu dia a dia, mesmo que você não tenha feito muito esforço físico, pode indicar que algo precisa de sua atenção. Nesse momento é importante procurar um médico para verificar a origem da dor.

Faça isso logo que notar que a dor se tornou frequente, pois, quanto mais esperar, mais o problema pode se agravar.

3. A vacinação precisar estar em dia


A vacina foi uma das grandes revoluções na saúde, pois com ela pode-se prevenir muitas doenças, como a catapora, o sarampo e a paralisia infantil. Quando somos crianças tomamos muitas vacinas que irão nos proteger por anos.

A maioria das vacinas tem prazo de validade, ou seja, temos que repeti-las a cada determinado período. Um exemplo é a vacina do tétano, que adultos devem tomar a cada 10 anos.

Por conta disso, é importante que você confira na sua caderneta de vacinação, se há alguma vacina para tomar. Caso não saiba verificar isso, leve até um posto de saúde ou centro de vacinação e peça para a enfermeira conferir se há alguma vacina pendente.

Mantenha sempre as vacinas em dia para evitar doenças como tétano, sarampo, hepatite, pneumonia, entre outras.

4. Os hormônios são importantes para nossa saúde


A nossa saúde depende de vários fatores para se manter bem. Quando qualquer um deles não está agindo da maneira correta, algum problema pode surgir.

Esse é o caso dos hormônios. Nosso corpo é composto por sete glândulas principais que produzem hormônios. Entre elas, a mais conhecida, provavelmente, é a tireoide.

Todas elas produzem hormônios que são responsáveis por alguma função, como absorção de cálcio, absorção de glicose, absorção de sódio, desenvolvimento dos ossos, entre outros.

Por isso, é importante que se vá ao endocrinologista para verificar como está a produção de hormônios por essas glândulas.

Além disso, outras substâncias importantes para o corpo são as vitaminas e minerais. Por exemplo, quando a vitamina B12 está baixa, você poderá se sentir mais cansado, mesmo que tenha dormido bem durante a noite. Em alguns casos, como o dessa vitamina, sua reposição acontece só por medicamento manipulado.

Por isso, é indicado fazer exames regularmente, pois a alimentação, nem sempre, consegue suprir todas as nossas necessidades.

5. A saúde mental também é importante


Além da saúde física, é preciso manter a saúde mental em dia. Com o excesso de informação e com a quantidade de tarefas a se fazer em um único dia, nossa mente pode não dar conta. Isso resulta em estresse, ansiedade e outros problemas.

Por isso, mesmo que possa parecer incomum para homens, vá ao psicólogo e faça terapia se esses problemas começarem a surgir. Quando você cuida da sua mente, sua qualidade de vida melhora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Com apoio de professores, estudantes marcham até UFGD e ocupam reitoria
NAVIRAÍ
Agentes brigam dentro de penitenciária por discordarem de ordens da diretoria
POLÍTICA
Moro diz que pode ter cometido um "descuido formal"
POLÍCIA
Homem tenta matar esposa após denúncia por agressão