Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021

Bancários decidem neste quarta-feira se continuam em greve

26 setembro 2012 - 00h00Por Fonte: CGNews
A contraposta que a Fenaban (Federação Nacional de Bancos) ofereceu nesta terça-feira (25) aos bancários em greve em todo o Brasil foi considera positiva pelo Comando Nacional de Greve da categoria e vai recomendar aos sindicatos regionais a aprovação dos valores.

Conforme a Agência Brasil, a Fenaban concedeu reajuste de 7,5%, sendo 2% de aumento real, e elevação do piso da categoria, do vale refeição e do vale-alimentação em 8,5%, sendo 2,95% de reajuste sobre a inflação.

Nesta quarta-feira (26), serão realizadas assembleias nos sindicatos de todo o país. Em Campo Grande, a reunião começa às 18h30. Cerca de 3 mil bancários são esperados para decidir se continuam ou não a greve na Capital.

“O fato de o comando nacional ser simpático aos valores da Fenaban não quer dizer que a proposta seja aprovada. Há questões específicas da Caixa Econômica e do Banco do Brasil a serem analisadas também”, explica a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Iaci Terezinha Rodrigues de Azamor Torres.

Segundo Iaci, o principal ponto na Caixa está na isonomia, já que existem diferenças nas carreiras dos funcionários mais antigos e dos mais novos, contratados depois de 1998. Já no Banco do Brasil, há a questão da jornada de trabalho. Pela CLT, seria de 6h, mas os funcionários trabalham 8h, exceto os caixas.

Reajustes - A categoria pede reajuste de 10,25%, valor equivalente a 5% de aumento descontada a inflação do período. Antes da greve, os bancos propuseram aumentar os salários em 6%, garantindo ganho real de apenas 0,58%.

No Brasil, foram paralisadas 9,3 mil agências durante a greve, que começou no dia 18. Em Campo Grande, somente nesta terça, 80 agências das 118 existentes ficaram fechadas. Nesta quarta-feira (26), a previsão é que no mínimo essas 80 agências sigam fechadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado