Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021

Caixa deve contratar R$ 185 bi em crédito para pessoas físicas e jurídicas neste ano

11 setembro 2012 - 00h00Por Fonte: Caixa
A Caixa Econômica Federal prevê a contratação de mais de R$ 185 bilhões em crédito para pessoas físicas e jurídicas em 2012. Até agosto deste ano, a CAIXA realizou operações de crédito comercial em montante superior a R$ 110,3 bilhões.

Para pessoas físicas, o crescimento da carteira de crédito foi de 50,3% nos últimos doze meses (até julho/12), contra um crescimento médio de apenas 13,0% do mercado. Para pessoas jurídicas, a carteira de crédito da CAIXA registrou crescimento de 62,2% nos últimos 12 meses, número superior ao do mercado, de 15,6%.

Segundo o presidente da CAIXA, Jorge Hereda, os números demonstram o sucesso do Programa CAIXA Melhor Crédito, que oferece melhores condições de crédito para as famílias e empresas.

“O Programa CAIXA Melhor Crédito promoveu a redução acentuada de juros em diversos produtos, aumentou o volume de recursos disponíveis ao mercado, e atraiu clientes para a instituição. Valorizamos nossos atuais e novos clientes, com orientação para o crédito consciente, e disponibilizando linhas de crédito acessíveis para clientes de todos os segmentos”, disse.

Crescimento das carteiras: Nos últimos doze meses, o saldo da carteira de crédito consignado da CAIXA apresentou crescimento de 50%, atingindo o montante de R$ 32,7 bilhões em agosto/12. Em agosto/11, a carteira era de R$ 21,8 bilhões.

Nas operações de CDC, que incluem CDC Salário, CDC Sênior, CDC Automático e CDC Turismo, a carteira registrou crescimento de 102,7% em doze meses, saindo de um saldo de R$ 1,5 bilhão, em ago/11, para R$ 3,2 bilhões, em agosto/12.

No portifolio de Pessoa a carteira de Capital de Giro no seu principal produto - o Giro CAIXA Fácil, disponibilizou mais de R$ 10 bilhões para empresas, nos últimos 12 meses, o que gerou um crescimento de 6.000% na utilização desses recursos, passando de R$ 140 milhões para R$ 8,4 bilhões no período de agosto/11 a agosto/12.

O Cheque Especial PJ registrou incremento de 98,2% nos limites concedidos, ultrapassando a casa dos R$ 5 bilhões em agosto de 2012. Redução acentuada de taxas de juros: No período de março a setembro/12, a taxa Selic saiu de 9,75% para 7,50% a.a., registrando uma redução de 23,08%.

Na relação dos principais produtos da CAIXA incluídos no Programa CAIXA Melhor Crédito, a redução chegou a até 88% no mesmo período, indicando um percentual que representa quase 4 vezes o percentual de redução da Selic.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Em quatro dias, mais de 11 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil
SAÚDE
Covid-19: Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac
CIDADES
Prorrogado por mais 15 dias o toque de recolher no MS