Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
EDUCAÇÃO

Cerca de 98 mil pessoas privadas de liberdade fazem Encceja

09 outubro 2019 - 10h15Por Agência Brasil

Cerca de 98 mil pessoas, entre detentos e jovens que cumprem medidas socioeducativas, estão inscritos para fazer as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja Nacional PPL), que ocorreram ontem (8) e hoje (9).

A prova beneficia aqueles que não concluíram os ensinos fundamental e médio no tempo certo e querem uma certificação. Em todo o país, aderiram ao exame 681 penitenciárias e 189 unidades socioeducativas.

O participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação tem direito à Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio. Já o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas ou em mais de uma, mas não em todas, tem direito à Declaração Parcial de Proficiência.

Para requerer a certificação, o participante precisa alcançar, no mínimo, 100 pontos nas provas objetivas e 5 pontos na redação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSEMBLEIA
Semana Estadual dos Direitos Humanos pode ser criada em MS
FERIADO
Coleta de lixo será suspensa no dia da Proclamação da República
ESPORTES
Fluminense tem seis decisões para escapar do rebaixamento
Tricolor ainda não sabe quem substituirá goleiro Muriel
CINEMA
Fernanda Montenegro descarta papel no filme 'Animais Fantásticos'