Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
EDUCAÇÃO

Cerca de 98 mil pessoas privadas de liberdade fazem Encceja

09 outubro 2019 - 10h15Por Agência Brasil

Cerca de 98 mil pessoas, entre detentos e jovens que cumprem medidas socioeducativas, estão inscritos para fazer as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja Nacional PPL), que ocorreram ontem (8) e hoje (9).

A prova beneficia aqueles que não concluíram os ensinos fundamental e médio no tempo certo e querem uma certificação. Em todo o país, aderiram ao exame 681 penitenciárias e 189 unidades socioeducativas.

O participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação tem direito à Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio. Já o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas ou em mais de uma, mas não em todas, tem direito à Declaração Parcial de Proficiência.

Para requerer a certificação, o participante precisa alcançar, no mínimo, 100 pontos nas provas objetivas e 5 pontos na redação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Saldo da balança comercial de MS no 1º semestre cresce 28,27% e chega a US$ 1,99 bilhão
SAÚDE
São Paulo inicia testes da vacina CoronaVac no dia 20 de julho
ECONOMIA
Caixa isenta linhas do Pronampe de tarifa de abertura de crédito
COSTA RICA
Usina sucroenergética é autuada em R$ 294 mil por incêndio de 294 hectares de lavoura de cana-de-açúcar