Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
PI SANESUL
PONTA PORÃ

Ministério da Saúde reabilita UTI do Hospital Regional

10 novembro 2018 - 09h37Por Da redação

Os dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã, foram habilitados pelo Ministério da Saúde conforme a portaria Nº 3.030, de 26 de setembro de 2018, publicadas no Diário Oficial da União.

Inaugurada em março de 2017 pelo governador Reinaldo Azambuja e Instituto Gerir, que administra o Hospital, a UTI do HR sempre funcionou seguindo todas as normas da RDC7, que regulamenta requisitos mínimos para funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva.  Mas agora, com a habilitação do Ministério da Saúde, a UTI ganha reconhecimento nacional de que está de acordo com todas as normas.

“A habilitação é a comprovação do Ministério da Saúde de que o processo, iniciado há quase dois anos, teve o seu fechamento de acordo com todas as normativas nacionais. Esse processo é lento, mas em menos de 24 meses, tivemos a habilitação e isso é um grande avanço e mostra o comprometimento que o Hospital tem em fornecer um atendimento de qualidade à população”, ressaltou o Diretor Técnico do HR e UTI, João Angelo Oselame Hoffmann.

Em aproximadamente um ano e sete meses, a unidade já atendeu 864 pacientes de média e alta complexidade. O setor de UTI do Hospital Regional de Ponta Porã conta com uma equipe de 40 profissionais, entre médicos e enfermeiros intensivistas, fisioterapeutas e técnicos. A Unidade possui equipamentos de última geração, como bombas de infusão, hemodiálise, eletrocardiógrafo, cardioversor, carro de emergência, monitores multiparamétricos para monitoramento dos leitos e camas eletrônicas que proporcionam qualidade no atendimento aos pacientes em estado crítico.

O enfermeiro especialista em UTI e coordenador técnico da unidade, Cassio Humberto Rocha, explicou que desde a inauguração a unidade busca seguir todas as normativas e requisitos estabelecidos.

“Cumprimos todas as normas da RDC7, normativa que regulamenta requisitos mínimos para funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva. Temos aqui médicos diaristas e plantonistas, enfermeiros e fisioterapeutas, todos com a especialidade em terapia intensiva. Hoje nossa taxa de ocupação dos leitos é acima de 85%, recebemos pacientes dos oito municípios da microrregião. Recentemente, a UTI adquiriu novos equipamentos de tecnologia europeia, firmando ainda mais o compromisso em prestar uma assistência de qualidade”, completou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Saúde de Ponta Porã recebe nova ambulância do Samu e mais dois veículos
EMPREGO
Comércio em Ponta Porã encerra fevereiro com variação de 106 postos de trabalho
NOVA POLÊMICA
Bolsonaro determina que 'golpe de 64' tenha 'comemorações devidas'
ECONOMIA
País cria 173 mil empregos, maior resultado para fevereiro desde 2014