Menu
Busca terça, 13 de novembro de 2018
(67) 9.9973-5413
ALERTA

Celulares não homologados pela Anatel receberão mensagens de bloqueio a partir do dia 23

15 setembro 2018 - 09h15Por Conesul News

A partir do dia 23 de setembro, os consumidores que possuem celulares que não sejam homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), em Mato Grosso do Sul, começarão a receber mensagens de alerta avisando que o telefone será bloqueado. A medida da Agência objetiva ampliar a segurança dos consumidores, pois todo aparelho celular em uso no país deve ser certificado ou ter sua certificação aceita pela Agência.

No Paraguai, uma empresa pesquisada pelo Conesul News, chega a vender aparelhos chineses para não perder as vendas e seus clientes. Cerca de 90% dos compradores são turistas brasileiros.

Cleonice Souza, 23 anos, conta que para ela, o bloqueio só irá acontecer caso troque de número.

"Pelo que sabe só irá bloquear caso ela mude de número, pois comprou antes o aparelho, se caso bloquear terei que comprar um novo e homologado pela Anatel", afirma. 

Mas de acordo com a Anatel, consumidores que estejam utilizando aparelhos irregulares antes da data de bloqueio (23/9), não serão desconectados caso não alterem o seu número. Já aqueles que conectarem à rede aparelhos irregulares após essas datas serão notificados por mensagens de texto (SMS) e, após 75 dias, o aparelho não irá mais funcionar.

Em Mato Grosso do Sul, o bloqueio deve ocorrer a partir de 8/12/2018.

As mensagens serão enviadas pelo número 2828 e as três primeiras mensagens serão.

“Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em XX dias. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal ou ligue *XXXX”

A última mensagem, na véspera do bloqueio, será:

“Operadora avisa: Este celular IMEI 123456789012345 é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal ou Ligue *XXXX”

Os aparelhos celulares certificados passam por uma série de testes de segurança antes de chegarem às mãos do consumidor para que o produto seja o mais confiável possível e não cause problemas à saúde, nem afete as redes de telecomunicações. O consumidor deve sempre procurar o selo da Anatel, no verso da bateria do celular e também no carregador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM BRASÍLIA
Retomada sessão para discutir projeto Escola sem Partido
POLÍCIA
Casal é preso com 30kg de cocaína em fundo falso de carro
MATO GROSSO DO SUL
Gastos do Estado com saúde chega a R$ 1,4 mil por habitante, 17% acima da média nacional
ECONOMIA
Inadimplência sobe 4,22% em um ano e atinge 62,89 milhões de pessoas