Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021

Garota disse que não queria que ele descobrisse furto de cheques. Pecuarista foi encontrado carbonizado com uma faca cravada nas costas.

Garota disse que não queria que ele descobrisse furto de cheques. Pecuarista foi encontrado carbonizado com uma faca cravada nas costas.

21 junho 2012 - 17h20
G1 MS

A Polícia Civil apreendeu uma adolescente de 15 anos pela participação na morte do pecuarista de 70 anos, encontrado carbonizado e esfaqueado em casa na terça-feira (19), em Água Clara, 193 km de Campo Grande. O delegado Nilson Fonseca Martins disse ao G1 que a garota foi apreendida no mesmo dia do crime e confessou a autoria em depoimento. Ela ainda apontou que teve ajuda de um homem de 31 anos.
saiba mais

Pecuarista é encontrado carbonizado e esfaqueado dentro de casa em MS

Martins disse que o homem foi detido na quarta-feira (20) e nega participação no crime. Segundo a polícia há indícios de que ele teria participado do crime, com base no depoimento na adolescente. O suspeito teria aceitado matar o pecuarista para roubar. “A adolescente confirmou a autoria do crime e detalhou a dinâmica das facadas e do incêndio. Ela alega que cometeu o crime para tentar esconder o fato de ter subtraído uma folha de cheque da vítima”, disse o delegado.

Há suspeita de que o homem ainda estava vivo quando foi carbonizado, mas isso somente será atestado após o exame no Instituto Médico Legal (IML).

O delegado explica que vai ouvir familiares da vítima, que moram em Andradina (SP) para apurar se algo foi roubado. O pecuarista morava sozinho em Água Clara, onde tinha negócios.

De acordo com a Polícia Civil, o homem suspeito tem passagens pela polícia, mas nenhuma condenação por crime. Ele teria um envolvimento amoroso com a adolescente, segundo o delegado. A mãe da menina compareceu na delegacia e esteve presente no depoimento da filha. Os dois suspeitos permanecem na delegacia de Polícia da cidade.

Caso
O pecuarista de 70 anos foi encontrado morto dentro de casa com parte do corpo carbonizado e uma faca cravada nas costas na noite de terça-feira (19) em Água Clara, a 193 km de Campo Grande. De acordo com a Polícia Civil, ele foi encontrado caído no quarto ao lado da cama e sem roupas, depois que a Polícia Militar foi até a casa da vítima para verificar uma ocorrência de incêndio, no bairro Parque São Judas Tadeu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado