Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
PARAGUAI

Após rebeliã, mais de 20 presos do PCC são transferidos de presídio

13 março 2019 - 10h45Por Da Redação

Pelo menos 24 presos integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) que estavam num presídio de Concepcion, no Paraguai, foram transferidos de penitenciária na terça-feira (12/3). O fato ocorreu após a rebelião que deixou reféns vários agentes penitenciários paraguaios.

A medida foi tomada pelo ministro da Justiça do Paraguai, Julio Rios. Ele espera pelos procedimentos administrativos para a expulsão destes detentos do pais.

Conforme o site ABC Color, 150 paraguaios teriam se tornados membros da facção criminosa e estariam espalhados por prisões, no Paraguai.

Depois da rebelião, que fez quatro agentes penitenciários reféns, foram encontrados em paredes do presídio ameaças feitas com sangue, além de inscrições das letras do PCC.

Em torno de 50 integrantes da facção criminosa que são brasileiros estariam recrutando ‘soldados’ dentro dos presídios no país.  Na rebelião de segunda (11/3), quatro agentes penitenciários foram torturados. Os quatro foram mantidos reféns e torturados na ala de condenados que se autodenominam membros da facção criminosa brasileira PCC (Primeiro Comando da Capital).

Um dos agentes, teve cortes no rosto e outros ferimentos causados por facas artesanais. Após ser resgatado, foi auxiliado ao Hospital Regional da cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Veículo roubado em SP é recuperado com quase meia tonelada de maconha
POLÍTICA
Bolsonaro mantém demarcação de terra indígena com a Agricultura
INTERNET
Mãe e filho serão indenizados por ter imagem denegrida na web
TEMPO
Inmet prevê inverno mais quente no Centro-Oeste e outras duas regiões