Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
ITAPORÃ

Decretada prisão preventiva de grupo que matou rival na frente da mãe

14 junho 2019 - 09h00Por Dourados News

Após audiência de custódia realizada nesta quinta-feira, dia 13 de junho, foi decretada prisão preventiva dos quatro suspeitos do assassinato de Anderson Martins dos Reis, de 33 anos, morto na noite de ontem (12), em Itaporã. A vítima foi morta na frente da mãe por causa de disputa entre facções criminosas.

Os autores, Alex Sander Mayer, 29, o “Caçador de Alma”, Harison Albert Sabino Souza, 36, o “Negão”, Miguel Augusto Souza dos Santos, 21, o “XT”, e Kaio Cezar Cardoso Nunes, 19, o “Coringa”, foram presos horas após o crime. À polícia, eles confessaram que mataram e filmaram o crime porque a vítima disse que era simpatizante do CV (Comando Vermelho), grupo criminoso rival ao PCC (Primeiro Comando da Capital).

“Ante a gravidade concreta do caso que se apresenta, bem como a necessidade de resguardo da ordem pública e instrução criminal, converto a prisão em flagrante em prisão preventiva de todos os custodiados. No presente momento, ao menos por ora, não vislumbro a possibilidade de concessão de medidas cautelares diversas do cárcere. Expeçam-se mandados de prisão preventiva com prazo de validade de um ano”, diz decisão dada após audiência de custódia dos presos.

Com informações do site Campo Grande News.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Polícia encontra 25 mil maços de cigarros e pneus contrabandeados dentro de veículos
ECONOMIA
Governo desbloqueia R$ 8,3 bilhões do Orçamento
CAPITAL
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
POLÍCIA
Homem é multado em R$ 5 mil por incêndio para limpeza de terreno no perímetro urbano