Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021

Mobilização "fecha" fronteira em alerta sobre abandono

23 maio 2012 - 11h09Por Campo Grande News
Sindicatos dos trabalhadores da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal estão unidos nesta quarta-feira (23) em mobilização em toda a faixa de fronteira do país. São cerca de 15 postos, sendo que em Mato Grosso do Sul a ação acontece em Ponta Porã, Dourados, Corumbá e Naviraí e Mundo Novo.

A mobilização acontece das 9 às 13h, como parte do Dia Nacional em Defesa das Fronteiras do Brasil.

O objetivo é realizar Operação Padrão para mostrar como deveria ser a fiscalização nas fronteiras e alertar sobre o abandono nesses postos. Todo o efetivo das unidades de fronteira está empenhado nas ações.

Os trabalhadores reivindicam a contratação de funcionários, além de mais investimentos para ampliação e modernização dos postos, aquisição de viaturas e demais equipamentos.

De acordo com o delegado do SindiReceita regional, Cláudio Marcio Brasil, o abandono nas fronteiras é um problema nacional, mas que atinge principalmente o Mato Grosso do Sul, já que diversas cidades são fronteiriças.

Ele constata que o abandono é devido a falta de trabalhadores nos postos e afirma que só o número de analistas da Receita precisaria ser dobrado para atender a demanda de fiscalização.

“Falta gente para trabalhar e os órgãos não oferecem incentivos para os funcionários trabalharem na fronteira. Hoje quem trabalha na fronteira ou na Capital ganha a mesma coisa. Deveriam ser disponibilizadas condições para atrair funcionários para se fixar nesses locais”, diz.

Durante a fiscalização, os trabalhadores também irão sensibilizar a sociedade para a importância de investimentos nos postos da fronteira, já que são essenciais para promover um combate eficiente ao tráfico de drogas, armas, munições e ao contrabando e a pirataria no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
ImunizaSUS capacitará profissionais de saúde para vacinação
CRIME AMBIENTAL
Infrator é autuado por três desmatamentos ilegais em sua propriedade em Ponta Porã
ESPORTES
Pedido para o Bolsa Atleta será exclusivamente por sistema digital
ECONOMIA
FCO inicia ano com aprovação de R$ 298 milhões para financiamentos na primeira reunião de 2021