Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
CAMPANHA SETEMBRO 15 á 30/09/2020
OPERAÇÃO HÓRUS

PMA e Guardas-parques do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema apreendem 42 redes de pesca, medindo 2 mil metros

06 agosto 2020 - 10h00Por PM-MS

Policiais Militares Ambientais e Guardas-parques do Parque Estadual das Nascentes e das Várzeas do Rio Ivinhema realizaram operação conjunta de prevenção à pesca predatória, durante a operação Hórus, dentro e no entorno da área do Parque e apreenderam 42 redes de pesca, medindo 2.000 metros, além de outros petrechos ilegais.

Os trabalhos que duraram desde a madrugada até à noite de ontem (5) aconteceram nos rios Paraná e Ivinhema e seus afluentes e, além dessa grande quantidade de redes, foram retiradas duas cordas de espinheis, medindo 100 metros, cada uma com 30 anzóis e mais 42 anzóis de galho (petrechos proibidos). Alguns peixes que estavam vivos presos aos petrechos foram soltos no rio.

Os proprietários dos materiais ilegais não foram encontrados. Há grande dificuldade de se deter os autores deste tipo de crime, pois tais petrechos são armados em curto espaço de tempo e os pescadores não permanecem no rio durante a pesca, fazendo somente a retirada dos peixes, também em tempo bastante curto.

De qualquer forma, Fiscalizações preventivas dessa natureza são fundamentais para a prevenção à pesca predatória, tendo em vista o grande poder de captura e depredação dos cardumes, dos petrechos proibidos de pesca como esses retirados dos rios pelos policiais. As equipes continuam a fiscalização para a prevenção à pesca predatória e para proteção da Unidade de Conservação contra outros tipos de crimes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
POLÍTICA
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro
ANAURILÂNDIA
Infrator é autuado em R$ 6 mil por desmatamento ilegal de vegetação protegida para plantio de lavoura
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Polícia Civil apreende 14kg de entorpecentes em hotel