Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
FRONTEIRA

Pai de policial paraguaio presenciou a execução do filho

12 maio 2020 - 08h30Por Dourados News

O pai do agente de investigações da Polícia Nacional do Paraguai Antonio Alvarenga,  presenciou o atentado que resultou na morte do filho, na tarde desta segunda-feira, dia 11 de maio, em Yby Yau, povoado localizado no departamento de Concepción, a 100 quilômetros de Pedro Juan Caballero, na fronteira entre Brasil e Paraguai através de Ponta Porã

De acordo com o Campo Grande News, Luis Alvarenga contou que estava sentado com o filho na frente da residência da família, quando os criminoso chegaram de veículo ao local e começaram a atirar.

O pai se jogou no chão para não ser atingido pelos disparos enquanto o filho Antonio saiu correndo.

No entanto, o agente acabou sendo baleado a cerca de 50 metros de sua casa, e morreu na hora. O pai da vítima não soube especificar qual o modelo de veículo usado pelos criminosos.

Ainda de acordo com o site, segundo o comissário Mariano Echeverría, chefe da 7ª Delegacia de Polícia em Yby Yaú, a vítima foi atingida por disparos de pistola calibre 9 milímetros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Saque aniversário do FGTS poderá ser usado para garantir empréstimos
SAÚDE
Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe
CIDADES
No último sorteio de maio, Mega-Sena pode pagar até R$ 38 milhões
COVID-19
Casos de covid-19 em frigoríficos de MS chegam a 325, diz MPT