Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020

Polícia Militar discute estratégias para o policiamento de natal com comerciantes

Polícia Militar discute estratégias para o policiamento de natal com comerciantes

26 novembro 2015 - 09h15Por PM
O Comando-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul participou nesta segunda-feira (25), na Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, de reunião com empresários e comerciantes da Capital para discutir as estratégias para o policiamento de final de ano.

De acordo com o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Francisco Assis Ovelar, a ideia é apresentar aos comerciantes a estratégia montada pela Polícia Militar para intensificar o policiamento neste período de natal, como forma de reduzir os índices criminais e garantir a segurança e bem estar da população durante as compras de final de ano.

Nesta época em que aumenta a circulação de pessoas e de dinheiro na cidade, com o pagamento do décimo terceiro salário e a corrida para os preparativos das festas de final de ano, há necessidade de reforço no policiamento ostensivo para evitar que os crimes aconteçam.

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Deusdete Oliveira Filho, serão realizadas rondas ostensivas, ações educativas e preventivas de policiamento comunitário, por policiais do plantão e áreas administrativas de todas as unidades ligadas ao Comando de Policiamento Metropolitano, que serão convocados para a escala extra de fim de ano.

O efetivo a ser empregado e a estratégia de policiamento de final de ano que terá início no dia 1º de dezembro, serão apresentados à população pelo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf, e o governador Reinaldo Azambuja na quinta-feira (2), em solenidade que acontece na Praça do Rádio Clube, no Centro de Campo Grande.

A ação segue até o dia 8 de janeiro de 2016 e deve beneficiar uma população de mais de 950 mil habitantes. Ela será concentrada na região do Centro, shoppings e centros comerciais, Feira Central e feiras livres nos bairros, bares, clubes, restaurantes, lanchonetes, padarias, conveniências e áreas onde há bancos e lotéricas.

“Sabemos como a nossa polícia trabalha em conjunto com a comunidade e reconhecemos que são os policiais, esses soldados, que fazem a diferença, pois a segurança pública do nosso estado é pífia. É preciso entender que segurança não é gasto e sim investimento. Precisamos de vocês (policiais) e vamos apoiá-los”, declarou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, João Carlos Polidoro, ao encerrar o evento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COXIM
Após aumento de 200% nos casos de Covid-19, município de MS decreta lockdown durante fins de semana
INTERIOR
Traficante é preso enquanto trazia 268 quilos de maconha para a Capital
REGIÃO
Polícia Militar prende homem por Contrabando e apreende veículo com 5.500 maços de cigarros paraguaios durante abordagem no distrito de Boqueirão
ECONOMIA
Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi