Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020

PMA flagra invasão de 6 suspeitos em pescaria durante operação em MS

28 março 2016 - 09h00Por G1
A Polícia Militar Ambiental (PMA), durante operação nesta Semana Santa no rio Paraná e Sucuriú, prendeu seis pescadores e apreendeu diversos petrechos proibidos para pesca. Policiais de Mundo Novo, flagraram o momento em que os suspeitos invadiram a pescaria. Nenhum peixe ainda havia sido capturado.

A ação foi realizada neste sábado (26), quando suspeitos de Curitiba (PR), Umuarama, Guaíra, Sorriso e Sinop foram presos, além de redes, espinhéis e anzóis de galho. Os homens ainda estavam com duas carretilhas e quatro molinetes com varas.

Eles foram autuados e multados em R$ 300 cada, totalizando R$ 1,8 mil. A pesca sem licença não é crime ambiental. Trata-se somente infração administrativa.

Foram soltos no rio 6 kg de pescado que estavam vivos e presos às redes, anzóis de galho e espinhéis.
Já em Três Lagoas, foram apreendidas 5 redes de pesca e 44 anzóis de galho, que estavam armados no rio e soltos 5 kg de pescado que estavam vivos nos petrechos.

Em nota, a PMA informou que manterá a fiscalização nos rios para evitar a pesca predatória e a depredação dos cardumes, com manutenção constante. Em muitos casos, a polícia explica que os suspeitos usam estes petrechos por possuírem alto poder de captura de peixes, especialmente os do tipo redes e espinheis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake news, afirma Barroso
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 10 mil por erosões em 2 hectares de área, causando degradação de córrego em sua fazenda em Inocência
ECONOMIA
Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Imasul realizam fiscalização na MS 040 e orientam condutores sobre resíduos lançados de veículos às margens de rodovias