Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020

Polícia apreende 10 toneladas de maconha que iriam para SP e RJ

18 janeiro 2016 - 14h45Por Correio do Estado
Um caminhão carregado com mais de 10 toneladas de maconha foi apreendido na manhã desta segunda-feira (18), em área rural de Maracaju. Essa é a maior apreensão da história do Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

Segundo a corporação, o caminhão era conduzido por Márcio Souza, de 40 anos. Ele é morador do assentamento Itamarati, em Ponta Porã, e foi flagrado enquanto seguia pela BR-164, no trevo de Maracaju.
Outro motorista, que seguia em um Siena e fazia o trabalho de batedor, também foi preso. Sinvaldo Moisés, de 30 anos, disse aos policiais que o caminhão foi carregado em Ponta Porã e seria levado para fora do Estado. A droga seria distribuída nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

A pesagem de todo o entorpecente, que estava escondido entre carregamento de fécula de mandioca, ainda está sendo feita, mas segundo o DOF a maconha ultrapassa 10 toneladas, maior volume da história do departamento.



GRANDES APREENSÕES


Essa é a primeira vez no ano e a terceira dos últimos meses de uma grande apreensão de droga em Mato Grosso do Sul. A maior dos últimos anos ocorreu em maio de 2015, quando 17 toneladas de maconha foram encontradas pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) em rodovia de Ponta Porã. Na época, foi revelado que a droga fazia parte de uma espécie de consórcio.

Organizados em consórcio, traficantes se associam para custear a compra, logística de ingresso e entrega da droga no País.

A última grande apreensão do ano passado ocorreu em agosto. Na época, 12 toneladas de maconha foram encontradas em carreta carregada com milho. A apreensão aconteceu em Anaurilândia, na MS-164. A PRE também foi responsável pelo flagrante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro
CAMPO GRANDE
Batalhão de Choque da PMMS apreende cerca de uma tonelada de maconha
TJMS
Segunda etapa do Concurso da Magistratura começa no dia 31
DIREITOS HUMANOS
Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo em MS abre edital para entidades